Carla Benedito assume liderança da Takeda em Portugal
DATA
18/09/2019 11:15:22
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Carla Benedito assume liderança da Takeda em Portugal

A farmacêutica japonesa Takeda, companhia global líder na área da biofarmacêutica e com uma forte orientação para Investigação e Desenvolvimento, nomeia Carla Benedito como directora-geral da companhia em Portugal e define a nova estrutura de liderança para as áreas Médica, Acesso ao Mercado, Financeira, Excelência Operacional, Oncologia, Gastrenterologia, Hemofilia & Plasma e Doenças Raras Genéticas.

“Melhorar a vida e a saúde de mais pessoas, apoiar o esforço diário dos profissionais de saúde e cooperar com as entidades da saúde em áreas onde existem necessidades por suprir, disponibilizar soluções de saúde ainda mais sólidas, inovadoras e transformadoras da sociedade, é o caminho da Takeda e o plano a implementar enquanto responsável pela Takeda em Portugal. Sei que esta visão é também partilhada e vivida diariamente por toda a nossa equipa”, afirma Carla Benedito.

A Takeda, duplica agora o tamanho da estrutura em Portugal, ampliando a sua capacidade de negócio e as suas áreas: mantém o foco na gastrenterologia e oncologia, e agrega duas áreas novas: doenças raras metabólicas e hemofilia & plasma.

Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.