Bayer dedica o mês de setembro a apoiar os doentes com Dermatite Atópica
DATA
18/09/2019 11:52:09
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Bayer dedica o mês de setembro a apoiar os doentes com Dermatite Atópica

A Bayer Portugal junta-se à Associação Dermatite Atópica Portugal (ADERMAP) para apoiar os doentes, no mês em que se assinala a efeméride, com vários rastreios de dermatite atópica a nível nacional, em várias farmácias do país.

Em Portugal, existem cerca de 34 mil doentes com esta doença cujo acompanhamento é feito por especialistas. No entanto, dados mostram que 25 por cento da população com casos em que a doença está num estado grave ou avançado, não dispõem de qualquer acompanhamento, nem controlam a evolução da mesma.

A dermatite atópica é uma forma de eczema crónico que torna a pele sensível e reativa a estímulos, no entanto, não tem efeitos noutras pessoas por não ser uma patologia contagiosa. A doença afeta também as horas de descanso dos doentes, devido ao mau estar que causa. Além disso, provoca alterações no sistema imunitário e na autoestima dos doentes, principalmente na altura das crises em que a doença se descontrola e os efeitos se agravam.

Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.