Miguel Guimarães: “Quando a gente gosta é claro que a gente cuida”
DATA
23/09/2019 15:04:29
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Miguel Guimarães: “Quando a gente gosta é claro que a gente cuida”

O bastonário da Ordem dos Médicos citou o compositor e cantor brasileiro Caetano Veloso para mostrar que todos nós, enquanto cidadãos, temos um papel a desempenhar na defesa do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Miguel Guimarães falava na Conferência “SNS aos 40 – Os médicos na construção do serviço público de saúde”, que decorreu na passada sexta-feira, em Lisboa, onde sublinhou que “o futuro do SNS é o que os cidadãos quiserem e o que os médicos souberem conquistar”.

No evento, organizado pela OM com o intuito de assinalar o 40.º aniversário do SNS, o bastonário lembrou que um dos maiores desafios que o SNS enfrenta é “o desafio da modernidade” e lamentou que a revisão da Lei de Bases da Saúde tenha ficado marcada por aquilo que apelida de “desvalorização da Ciência”. Miguel Guimarães arrancou fortes aplausos da assistência ao mostrar-se “dececionado” com o facto de a revisão desta Lei “ter preterido a Farmacologia, a Química e a Ciência, em prol de procedimentos e terapêuticas sem evidência científica”.

Doença Venosa

Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança
Editorial | Jornal Médico
Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança

O futuro tem hoje 5 dias! Inacreditável! Quem é que tem agenda para mais de 5 dias? A pandemia COVID-19 alterou profundamente a vida quotidiana, a prestação de cuidados de saúde e a organização dos serviços de saúde está totalmente alterada. O isolamento social é a orientação primordial de confrontação da pandemia. Mas é necessário promover o apoio de proximidade essencial e aprender a fazê-lo em segurança.

Mais lidas