Açores com 20.067 pessoas com diabetes nos cuidados de saúde primários
DATA
14/11/2019 18:19:56
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Açores com 20.067 pessoas com diabetes nos cuidados de saúde primários

A Secretaria Regional da Saúde dos Açores indicou hoje que, no final de setembro, estavam registadas 20.067 pessoas com diabetes nos cuidados de saúde primários do arquipélago.

Entre aquelas pessoas registadas com diabetes nos cuidados de saúde primários dos Açores, "15% tomavam insulina, 52% tinham pelo menos um exame dos pés registado no ano e quase 39% haviam beneficiado de duas ou mais consultas médicas”, acrescenta uma nota da Secretaria Regional da Saúde, divulgada quando se assinala o Dia Mundial da Diabetes.

Recordando algumas regras para prevenir a doença, o executivo açoriano frisa ser "importante seguir três regras de ouro", nomeadamente, vigiar os valores de glicemia e incentivar os familiares a fazer o mesmo, a par de uma alimentação equilibrada e saudável, e ser fisicamente ativo.

A Secretaria da Saúde alerta também que "a vacinação contra a gripe é fortemente recomendada para pessoas com diabetes mellitus, estando disponível gratuitamente, para este grupo, nos cuidados primários".

"É recomendado que, quem ainda não fez a vacina, se dirija ao centro de saúde para esse efeito", sublinha a nota.

A obesidade "é um dos principais fatores de risco para a diabetes, sendo que, das pessoas com diabetes registadas, quase 48% apresentavam um índice de massa corporal superior a 30, um valor que confere diagnóstico de obesidade", lê-se na nota enviada à agência Lusa.

De acordo com o executivo açoriano, "das pessoas com diabetes registadas, perto de 57% apresentavam tensão arterial sistólica acima dos 130, um valor elevado, mas ainda no intervalo considerado normal".

A secretaria regional da Saúde alerta ainda que "a diabetes é fator de risco para o enfarte agudo do miocárdio e para o acidente vascular cerebral", adiantando que "perto de 4% dos utentes com diabetes em vigilância registavam, no final de setembro, um destes diagnósticos".

"A prevalência da diabetes tipo 1 e 2 situa-se em 7,9% nos Açores, abaixo de 9,9%, último valor apontado para o conjunto do país pela Direção-Geral da Saúde", adianta o executivo.

A Secretaria Regional da Saúde alerta ainda os açorianos para “a importância de se protegerem e de defenderem desta doença aqueles que os rodeiam” e recorda que, este ano, o tema das comemorações é “Família e Diabetes”, uma doença que pode causar cegueira, doenças cardíacas e amputações.

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas