Violência contra profissionais em debate na reunião do Conselho Europeu das Ordens dos Médicos
DATA
27/11/2019 15:45:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Violência contra profissionais em debate na reunião do Conselho Europeu das Ordens dos Médicos

O aumento da violência contra profissionais de saúde nas suas várias formas, onde se inclui o burnout, e a importância de se reforçar a cobertura da vacinação para proteger a Saúde Pública na Europa são dois dos temas que vão estar em destaque na próxima sexta-feira, dia 29 de novembro, no âmbito da reunião do Conselho Europeu das Ordens dos Médicos (CEOM), que terá lugar desta vez em Lisboa, no Hotel Olissippo Marquês De Sá, nº 130.

A nível europeu a violência contra os médicos, e os restantes profissionais de saúde, tem sido alvo de várias abordagens, nomeadamente, uma posição adotada em novembro de 2018, pelo CEOM – Conselho Europeu das Ordens dos Médicos. O CEOM é neste momento presidido pelo médico português José Santos.

O CEOM tem como objetivo principal promover, no contexto da União Europeia, uma medicina de qualidade que respeite os interesses dos doentes. A génese desta organização acontece em Paris em 1971 com a criação da Conferência internacional das Ordens e Organismos similares (CIO) entidade que, em 2008, altera a sua designação para Conselho Europeu das Ordens dos Médicos (CEOM).

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas