Salvador de Mello: “Muitas vezes olha-se para a saúde como fator de despesa”
DATA
28/11/2019 16:45:35
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Salvador de Mello: “Muitas vezes olha-se para a saúde como fator de despesa”

O presidente do Health Cluster Portugal defende que o setor da saúde deve ser uma prioridade e que o dinheiro que lhe é destinado deve ser olhado como um investimento, e não como uma despesa.

“A saúde é um setor económico dos mais relevantes, dinâmicos e competitivos em Portugal. Muitas vezes olha-se para a saúde como fator de despesa, mas não é assim, é um setor com valor económico concreto”, afirmou Salvador de Mello.

Em declarações à agência Lusa a propósito da 10.ª conferência do Health Cluster Portugal,

Salvador de Mello reconheceu que “há desafios relevantes de financiamento do sistema” e sublinha que o setor “terá de ver o seu financiamento reforçado”.

“É evidente que há desafios relevantes de financiamento do sistema, eles são inquestionáveis, e o setor terá de ver o seu financiamento reforçado. (…) A prioridade que o Governo quer colocar na saúde espero que leve a um aumento do financiamento do sistema, não para despesa e porque é um custo, mas sim porque é um setor que representa um valor económico muito substancial para o país”, afirmou.

O responsável recordou ainda que “foi por reconhecer o valor económico do setor” que foi assinado com Governo um pacto com o 'cluster' da saúde, com um conjunto de medidas.

Estas medidas “visam que haja um olhar económico do setor, e não só um olhar setorial, que olha muito para a despesa, e bem, pois o sistema tem de ser gerido de forma eficiente, mas muito do dinheiro que é posto no setor deve ser encarado numa lógica de investimento e de valor económico”.

Doença Venosa

Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança
Editorial | Jornal Médico
Isolamento social com apoio de proximidade e em segurança

O futuro tem hoje 5 dias! Inacreditável! Quem é que tem agenda para mais de 5 dias? A pandemia COVID-19 alterou profundamente a vida quotidiana, a prestação de cuidados de saúde e a organização dos serviços de saúde está totalmente alterada. O isolamento social é a orientação primordial de confrontação da pandemia. Mas é necessário promover o apoio de proximidade essencial e aprender a fazê-lo em segurança.

Mais lidas