Associação Portuguesa do Sono lança livro “Patologia respiratória do sono na criança”
DATA
05/12/2019 15:13:06
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Associação Portuguesa do Sono lança livro “Patologia respiratória do sono na criança”

A Associação Portuguesa do Sono irá lançar o livro “Patologia respiratória do sono na criança”, com o apoio da VitalAire, no âmbito do evento da associação Lufada 4.0, no próximo dia 7 de dezembro, no Hotel Vila Galé em Braga. Contendo uma sistematização atualizada, a obra tem como objetivo sensibilizar e contribuir para a formação médica sobre os problemas respiratórios relacionados com o sono que podem ocorrer na criança.

“Os problemas respiratórios são a causa mais frequente da perturbação do sono das crianças”, afirma a coordenadora da publicação, a médica pediatra Maria Helena Estêvão, com competência em Medicina do Sono. Explica que este facto resulta de uma maior vulnerabilidade causada pela presença de “determinadas características anatómicas e fisiológicas do foro respiratório” nesta fase de crescimento e maturação.

Embora algumas patologias ocorram apenas durante o sono, como a apneia do sono, outras pioram durante este período. Por considerar o sono como “um dos pilares da vida”, a especialista refere que a sua qualidade é muito importante, dada a relação com “manifestações a nível do desenvolvimento, comportamento, aprendizagem ou mesmo do foro cardiovascular e metabólico”. Para além destes aspetos, Maria Helena Estêvão menciona que estas “repercussões significativas” podem ser “eventualmente irreversíveis e com evolução para a idade adulta”.

Apesar de os sintomas serem, com frequência, subtis e difíceis de identificar, até por terem uma expressão diferente da dos adultos, a pediatra adianta que os “avanços na investigação na patologia respiratória do sono, ocorridos nas últimas décadas, têm vindo a permitir um diagnóstico e tratamento mais precoces, bem como uma monitorização mais minuciosa destes problemas na criança, com a consequente melhoria do controlo clínico e da qualidade de vida”.

Reforçando o compromisso da VitalAire em formar os profissionais de saúde, o diretor geral da companhia, Jorge Correia, realça a necessidade de uma abordagem multidisciplinar. Desse modo, perspetiva esta obra como um manual ou uma ferramenta de apoio para os vários especialistas, independentemente do seu grau de experiência, que lidam com crianças com problemas respiratórios e/ou de sono –os de Medicina Geral e Familiar, de Pneumologia e os vários pediatras.

Ao longo dos sete capítulos do livro são abordados temas como a fisiopatologia, abordagem diagnóstica, morbilidade e terapêutica das várias entidades no âmbito da patologia respiratória do sono na criança. As autoras são as pediatras Catarina Ferraz, Helena Cristina Loureiro, Inês Azevedo, Maria Helena Estêvão, Marta Rios, Núria Madureira, Rosário Ferreira e Teresa Bandeira.

COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas

Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência terminou e o estado de calamidade passou, mas o problema de saúde mantem-se ativo. É urgente encontrar uma visão inovadora e adotar uma nova estratégia. As unidades de saúde precisam de encontrar respostas adequadas e seguras.

Mais lidas