Infarmed com maior aprovação de fármacos inovadores e número recorde de inspeções em 2019
DATA
15/01/2020 18:31:27
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Infarmed com maior aprovação de fármacos inovadores e número recorde de inspeções em 2019

Durante o ano passado, o Infarmed aprovou 74 fármacos inovadores. Posto que em 2017 e 2018 – em conjunto – foram aprovados cerca de 110 medicamentos inovadores, 2019 foi um dos anos com maior número de aprovações de inovação terapêutica. Os dados foram revelados hoje pelo presidente da Autoridade do Medicamento, Rui Ivo, no âmbito da cerimónia do 27º aniversário da instituição.

“As 74 novas soluções terapêuticas abrangem áreas tão diversas como, entre outras, a oncologia, a infeciologia e o sistema nervoso central. No seu conjunto, sublinho, permitiram reduzir as condições propostas pelas empresas em mais de 200 milhões de euros”, declarou o responsável.

Rui Ivo realçou ainda que estes são “processos exigentes ao longo de todas as fases de avaliação – regulamentar, técnica, clínica, económica e financeira”, lembrando que é necessário encontrar soluções para haver um equilíbrio entre o acesso a estes novos medicamentos e a sua sustentabilidade financeira.

A propósito de inspeções como uma das formas de garantir o acesso e a disponibilidade dos medicamentos, o presidente faz um balanço positivo da atividade do Infarmed no ano passado. Foram mais de 1600 ações de inspeção a todo o circuito do medicamento, “um número nunca antes atingido”.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas