Gripe: Epidemia de baixa intensidade em Portugal na segunda semana do ano
DATA
17/01/2020 11:14:58
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Gripe: Epidemia de baixa intensidade em Portugal na segunda semana do ano

A gripe em Portugal manteve uma baixa intensidade na semana passada, estando a ser uma época gripal de intensidade moderada, segundo o “Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe", divulgado semanalmente pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

De acordo com o boletim da gripe, na semana de 6 a 12 de janeiro a taxa de incidência do Síndroma Gripal foi de 44,64 por cada 100 mil habitantes, mantendo-se acima da atividade base, assim como o número de consultas. A população sob observação foi de 42.567.

Na semana em análise (segunda semana do ano), a Rede Portuguesa de Laboratórios para o Diagnóstico da Gripe detetou o vírus da gripe tipo B em 126 casos e do tipo A em 116.

O valor médio da temperatura mínima do ar foi de 2,26ºC, ou seja, 2,28ºC inferior aos valores normais para o mês de janeiro.

A atividade gripal manteve-se de baixa intensidade, mas com uma tendência crescente na União Europeia.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas