Congresso de Pneumologia do Norte: Inovação terapêutica e tecnológica no centro do debate
DATA
17/01/2020 12:02:58
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Congresso de Pneumologia do Norte: Inovação terapêutica e tecnológica no centro do debate

O Congresso de Pneumologia do Norte vai decorrer, este ano, no Centro de Congressos do Hotel Sheraton, no Porto, entre os dias 5 e 7 de março.

Os motivos, explica Gabriela Fernandes, prendem-se com o facto de “este evento ter uma participação crescente ao longo dos anos, pelo que, o local onde habitualmente se realizava, ter deixado de reunir as melhores condições para o seu acolhimento”. Esta mudança, garante a presidente da comissão organizadora do Congresso, “vai permitir a participação de um maior número de inscritos e a realização de cursos de maior dimensão”.

O Congresso de Pneumologia do Norte, realizado em conjunto com as Jornadas Galaico-Durienses de Pneumologia, é um dos acontecimentos científicos de maior relevância, a nível nacional, no que diz respeito à patologia respiratória, sendo conhecido por uma participação intensa desde a primeira à última sessão.

Este ano, o programa científico reserva sessões dedicadas às “doenças obstrutivas pulmonares, difusas e infeciosas, à patologia oncológica, aos cuidados respiratórios domiciliários e à ventilação”. “Poderemos assistir a mesas redondas, sessões clínicas interativas, cursos, exposição, discussão de trabalhos científicos e simpósios, havendo espaço dedicado aos nossos colegas de Espanha, nas jornadas galaico-durienses”, afirma a presidente da comissão organizadora.

Em relação aos temas dos cursos pós-congresso, no dia 7 de março, “optámos pelo transplante pulmonar, destinado a especialistas internos interessados no tema; pela endoscopia respiratória (EBUS): da teoria à prática, destinado a pneumologistas dedicados a broncologia; e os cuidados respiratórios domiciliários, destinado preferencialmente a especialistas de Medicina Geral e Familiar”, descreve Gabriela Fernandes.

Atualizar e discutir os temas mais marcantes da Pneumologia atual, dando atenção particular à inovação terapêutica e tecnológica, assim como à alteração da história natural das doenças respiratórias são os objetivos deste congresso, no qual se espera a participação de todos os que se dedicam ao estudo, prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças respiratórias nas suas diferentes vertentes.

800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas