Primeira gala para premiar hospitais privados europeus será em Portugal
DATA
07/02/2020 15:17:48
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Primeira gala para premiar hospitais privados europeus será em Portugal

A primeira gala anual para distinguir os melhores hospitais privados a nível europeu será realizada em Portugal, no próximo dia 25 de junho. Durante a cerimónia, serão entregues os Prémios Europeus dos Hospitais Privados. Será ainda premiada a melhor cobertura jornalística sobre a hospitalização privada europeia ou sobre os sistemas de saúde que mais se tenham destacado.

Na sequência de proposta da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP), a Assembleia Geral da União Europeia da Hospitalização Privada (UEHP) deliberou favoravelmente, na passada sexta-feira em Zurique, no sentido de galardoar anualmente os hospitais privados europeus que mais se distingam.

A posição é sustentada pelo “dinamismo da hospitalização privada na Europa, pelo nível de diferenciação atingido, pelo posicionamento de vanguarda em termos de investimento, pela estrutura de gestão, pelo foco no doente e pelas abordagens clínicas”, lê-se em comunicado de imprensa. O presidente da UEHP, Paul Garassus, sublinha ainda “a perceção de que os hospitais privados têm permitido alargar o acesso dos cidadãos aos cuidados de saúde e promovido a inovação e a eficiência”.

A atribuição dos Prémios Europeus dos Hospitais Privados ocorre mediante os resultados e o desempenho dos hospitais a nível de satisfação do cliente, de inovação clínica, de sustentabilidade e de value based healthcare.

Segundo o presidente da APHP, Oscar Gaspar, esta gala é uma “uma excelente oportunidade para dar conhecimento do que melhor se faz na Europa em termos de hospitalização privada”. Adicionalmente, refere que o facto de ser realizada em Portugal é “motivo de satisfação” por considerar que “representa o reconhecimento de que os hospitais privados portugueses têm pugnado sempre pela excelência da prestação de cuidados hospitalares”.

O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas