A PEM Móvel faz hoje um ano e conta já com mais de 13 mil médicos registados
DATA
20/02/2020 12:12:59
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


A PEM Móvel faz hoje um ano e conta já com mais de 13 mil médicos registados

No dia em que se assinala o primeiro ano de existência da Aplicação de Prescrição Eletrónica Médica (PEM Móvel), os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) informam que já estão registados mais de 13 mil médicos, tendo sido prescritas mais de 213 mil receitas médicas sem papel.

Os números oficiais, disponibilizados pelos SPMS, apontam para 13.108 médicos registados, desde o lançamento da PEM Móvel, a 20 de fevereiro de 2019. No primeiro ano de funcionamento, as 213.340 receitas médicas sem papel traduziram-se em 478.615 embalagens de medicamentos. Só em janeiro de 2020, os 5.912 médicos que utilizaram a aplicação nesse período prescreveram aos seus utentes 38.539 receitas e 87.190 embalagens.

Referindo que a PEM Móvel é “muito simples e útil nas consultas em contexto de domicílio ou quando o médico se encontra longe do doente”, permitindo “maior mobilidade e segurança no ato de prescrever, tanto para cidadãos, como para médicos”, os SPMS reforçam que os números indiciam “forte adesão”.

Como meio de “autenticação forte e assinatura digital”, é utilizada a Chave Móvel Digital (CMD), que pode ser ativada “ao balcão do Instituto dos Registos e Notariado (IRN) ou através do sítio da Agência para a Modernização Administrativa (AMA)”, depois do pedido de registo na aplicação e preenchimento do questionário disponível no site da PEM. Tendo acesso à aplicação no telemóvel, o médico pode finalizar o processo de emissão de receitas e enviar a receita médica para o utente, via SMS e/ou email.

Atualmente, 385 médicos estão referenciados pela Ordens dos Médicos “como inadaptados aos sistemas de informação e prescrição eletrónica”. Por esse motivo, e no seguimento da Portaria nº390/2019, de 29 de outubro, a SPMS, EPE implementou uma estratégia centrada na formação. As sessões, que arrancaram em meados de dezembro de 2019, pretendem dotar os profissionais inadaptados do conhecimento necessário à elaboração de prescrições por via eletrónica, apoiando no processo de adesão à PEM Privados, PEM Móvel ou à CMD. Até à data, foram realizadas 10 sessões com o apoio de 67 médicos e estão agendadas mais 20 ações.

O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo
Editorial | Jornal Médico
O Novo Livro Azul tem um passado e um futuro a defender e a promover num novo ciclo

O Novo Livro Azul da APMGF é um desejo e uma necessidade. Volvidos 30 anos é fácil constatar que todos os princípios e valores defendidos no Livro Azul se mantêm incrivelmente atuais, apesar da pertinência do rejuvenescimento que a passagem dos anos aconselha. É necessário pensar, idealizar e projetar a visão sobre os novos centros de saúde, tendo em conta a realidade atual e as exigências e necessidades sentidas no futuro que é já hoje. Estamos a iniciar um novo ciclo!

Mais lidas