Short course para capacitar profissionais de saúde em investigação clínica
DATA
26/02/2020 11:35:20
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Short course para capacitar profissionais de saúde em investigação clínica

Organizado pelo departamento CETERA da Associação para Desenvolvimento e Investigação da Faculdade de Medicina (AIDFM), o short courseClinical Research: What’s it all about? – a focused training for busy investigators and study teams” regressa à AIDFM, na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, para a oitava edição nos próximos dias 19 e 20 de março, das 9h às 17h.

Reconhecendo que a “implementação e condução de ensaios/estudos clínicos é uma tarefa complexa que abrange várias áreas e requer conhecimentos diversificados”, o objetivo desta formação é introduzir os aspetos fundamentais de boas práticas na investigação clínica, bem como alargar os conhecimentos sobre metodologias e procedimentos. O programa inclui ainda aspetos operacionais de coordenação e de gestão dos estudos.

Assim, neste curso interativo de dois dias, pretende-se que os formandos otimizem o seu conhecimento profissional, sendo capazes de identificar e conhecer o seguinte: diferentes tipos de estudos; principais intervenientes e responsabilidades associadas (Investigador Principal, equipa de investigação, coordenador e monitor promotor/CRO); fundamentos das Boas Práticas Clínicas; legislação vigente, nacional e europeia, e outras normas de referência aplicáveis; autoridades responsáveis pela aprovação de um ensaio/estudo clínico, os respetivos prazos e processo de submissão.

O curso destina-se a profissionais na área da saúde com interesse em investigação, como sejam investigadores, médicos, farmacêuticos, enfermeiros, entre outros, e será lecionado em português, embora o material online seja disponibilizado em inglês. As inscrições estão abertas até dia 9 de março.

DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
DESconfinar sem DISconfinar: Um desafio para inovar e aproveitar a oportunidade
Depois de três meses de confinamento é necessário aceitarmos a prudência de DES”confinar sem DISconfinar. Não vamos querer “morrer na praia”! As aprendizagens da pandemia Covid-19 são uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde com uma nova visão e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas