14.000 medicamentos doados em Portugal durante um dia
DATA
09/03/2020 10:58:02
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

14.000 medicamentos doados em Portugal durante um dia

A XII Jornada de Recolha de Medicamentos, organizada pelo Banco Farmacêutico, decorreu em 207 farmácias a nível nacional e angariou 14.000 embalagens de medicamentos, que serão entregues a 120 instituições de solidariedade social.

São instituições que se dedicam ao acolhimento de crianças e de jovens mães, ao apoio a famílias carenciadas e a sem abrigo, lares e centros de dia para idosos e instituições de recuperação de toxicodependentes e outros dependentes -   todas organizações com necessidades permanentes de medicamentos e produtos farmacêuticos.

Durante todo o dia 29 de fevereiro, os profissionais de saúde das farmácias, que aderiram à iniciativa, receberam doações de medicamentos de acordo com a lista de necessidades de cada uma das instituições beneficiárias.

Este ano estrearam-se as farmácias localizadas em Celorico de Basto, Chamusca, Fundão, Gondomar, Mafra e Murça que se juntam a 59 concelhos onde já era possível doar medicamentos nesta Jornada, cuja edição de 2021, a XIII Jornada de Recolha do Medicamentos já está confirmada.

Luís Mendonça, do Banco Farmacêutico, afirma que “o balanço é mais uma vez positivo e temos de agradecer a todos aqueles, que se deslocaram a uma farmácia, num sábado chuvoso, para doar medicamentos e deixar desde já o apelo para voltarem a apoiar esta iniciativa em 2021, agradecendo também naturalmente às farmácias aderentes e respetivos profissionais de saúde, assim como aos 800 voluntários, que dedicaram o seu tempo a esta campanha de solidariedade, pois todos tornaram possível este contributo para as necessidades reais das instituições, que prestam apoio à população mais carenciada”.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas