Covid-19: CHUSJ promove utilização de máscara cirúrgica pelos utentes, acompanhantes e visitantes
DATA
07/04/2020 12:15:20
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Covid-19: CHUSJ promove utilização de máscara cirúrgica pelos utentes, acompanhantes e visitantes

A norma 007/2020 da DGS determina que “deve ser fornecida máscara cirúrgica a todos os doentes, com ou sem sintomas respiratórios ou febre, no momento da entrada na unidade de saúde”.

Por outro lado, no sentido de promover uma cultura de segurança, torna-se necessário que para além dos profissionais de saúde (norma estabelecida anteriormente) e dos utentes, os eventuais acompanhantes e visitantes também usem máscara cirúrgica no interior do edifício hospitalar.

Neste sentido, o CHUSJ determina que deve promovida a higiene das mãos e disponibilizada máscara cirúrgica a todos os utentes aquando da admissão no Serviço de Urgência, Consulta Externa, Hospital de Dia, para internamento programado ou para a realização de meios complementares de diagnóstico e terapêutica. Deve também ser promovida a higiene das mãos e disponibilizada máscara cirúrgica a todos os doentes internados que tolerem, para utilização pelo menos durante os períodos de observação clínica ou prestação de cuidados, e em transportes dentro do edifício hospitalar para a realização de procedimentos/exames subsidiários.

Todos os acompanhantes autorizados, nos termos das deliberações anteriores, nomeadamente das grávidas, crianças e utentes com necessidades especiais devem também higienizar as mãos e usar máscara cirúrgica. O mesmo acontece com os visitantes autorizados.

A higiene das mãos e disponibilização de máscara cirúrgica a todos os profissionais externos ao CHUSJ, designadamente fornecedores, trabalhadores de empresas de transportes ou de quaisquer outros que, para desempenho das suas funções, necessitem de ter acesso às instalações desta instituição e que estejam devidamente autorizados para o efeito, passará também a acontecer a partir de dia 8 de abril.

Esta norma proposta pela UPCIRA e aprovada pelo Conselho de Administração a 6 de abril terá efeitos a 8 de abril de 2020.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas