×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 34880
Fase de candidaturas do Prémio Maria José Nogueira Pinto prolongada até 15 de julho
DATA
12/05/2020 09:53:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Fase de candidaturas do Prémio Maria José Nogueira Pinto prolongada até 15 de julho

O prazo de candidaturas à 8.ª edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto foi prorrogado até 15 de julho. Neste período, todas as pessoas, de forma individual ou coletiva, que queiram ver reconhecido o seu trabalho no âmbito da responsabilidade social, em Portugal, poderão candidatar-se através do site oficial.

O prolongamento desta fase surgiu devido ao impacto da pandemia no País, dos desafios para todos e dos “esforços redobrados que as instituições particulares de solidariedade social têm realizado para apoiar as famílias neste novo contexto”.

O objetivo do Prémio Maria José Nogueira Pinto passa por reconhecer “projetos inovadores de cariz social”, além de ajudar as instituições a dar continuidade ao seu trabalho junto das comunidades.

Anualmente, a iniciativa premeia o vencedor com o valor monetário de 10.000 euros e atribui um prémio de mil euros a cada uma das menções honrosas.

O júri é presidido por Maria de Belém Roseira e constituído por mais seis elementos apresentados como “de reconhecido mérito, idoneidade e reputação”, nomeadamente, Anacoreta Correia, Clara Carneiro, Isabel Saraiva, Vítor Feytor Pinto, Jaime Nogueira Pinto e Pedro Marques.

A mudança necessária
Editorial | Jornal Médico
A mudança necessária

Os últimos meses foram vividos por todos nós num contexto absolutamente anormal e inusitado.

Atravessamos tempos difíceis, onde a nossa resistência é colocada à prova em cada dia, realidade que é ainda mais vincada no caso dos médicos e restantes profissionais de saúde. Neste âmbito, os médicos de família merecem certamente uma palavra de especial apreço e reconhecimento, dado o papel absolutamente preponderante que têm vindo a desempenhar no combate à pandemia Covid-19: a esmagadora maioria dos doentes e casos suspeitos está connosco e é seguida por nós.

Mais lidas