Covid-19: Profissionais de saúde que vão para os Açores obrigados a quarentena e testes
DATA
20/05/2020 16:02:08
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Covid-19: Profissionais de saúde que vão para os Açores obrigados a quarentena e testes

A Direção Regional da Saúde dos Açores estipulou que “todos os profissionais de saúde” que se desloquem do exterior para aquela Região Autónoma têm de fazer isolamento voluntário e testes à Covid-19.

A obrigatoriedade consta de uma circular distribuída pelas unidades de saúde do Serviço Regional de Saúde, sendo justificada com a “necessidade de estabelecer os procedimentos necessários à operacionalização das exceções às restrições relativas à mobilidade de profissionais de saúde que se desloquem do exterior para a região”.

A reabertura de algumas especialidades do sistema de saúde dos Açores, na sequência da pandemia de Covid-19, como a cardiologia e a oncologia, por exemplo, deverá implicar a contratação de mais profissionais de saúde.

Segundo a circular a que a agência Lusa teve acesso, pretende-se, com a vinda destes profissionais, “restabelecer gradualmente a atividade assistencial no âmbito do Sistema de Saúde”.

Assim, a Direção Regional de Saúde determina que os profissionais de saúde que desembarquem nos aeroportos de Ponta Delgada, na ilha de são Miguel, ou das Lajes, na ilha Terceira, “ficam obrigados a cumprir” isolamento voluntário e a apresentar um comprovativo de teste de despiste ao SARS-CoV-2, feito nas 72 horas antes da partida do voo do aeroporto de origem.

Os profissionais devem “cumprir quarentena voluntária em unidade hoteleira destinada para o efeito” até à repetição de teste de despiste, avança o documento.

Neste sentido, nos 3.º, 7.º, 10.º e 13.º dias, “a contar da data de realização do teste de despiste ao SARS-CoV-2 prévio à deslocação para a região”, contactar a autoridade de saúde do concelho em que reside ou está alojado, para realizar novo teste de despiste, a promover pela autoridade de saúde local, cujo resultado ser-lhe-á comunicado no prazo de 24 horas.

Os Açores não registaram, nas últimas 24 horas, novos casos positivos de Covid-19 e há dois doentes que recuperaram, na ilha do Faial, anunciou a Autoridade de Saúde Regional.

Até ao momento, foram detetados 146 casos de infeção, na região, verificando-se 110 recuperados, 16 óbitos e 20 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, 16 em São Miguel, um na Graciosa e três no Pico.

Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade
Editorial | Rui Nogueira, presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
Deixar cair com violência o que é desnecessário e aproveitar a oportunidade

Assaltar o desnecessário. Rasgar a burocracia. Rejeitar o desperdício. Anular a perda de tempo. As aprendizagens da pandemia serão uma ótima oportunidade para acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência e o estado de calamidade ensinaram-nos muito! É necessário desconfinar o centro de saúde e reinventar o conceito com unidades de saúde aprendentes e inovadoras.

Mais lidas