Covid-19: Mais de 159 mil mortes em excesso desde março na Europa, revela OMS
DATA
28/05/2020 12:45:10
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Covid-19: Mais de 159 mil mortes em excesso desde março na Europa, revela OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou hoje que desde março, o pico da pandemia da Covid-19 na Europa, morreram mais 159.000, pelo menos, no continente europeu do que no mesmo período do ano passado.

O “número alarmante” foi revelado pelo diretor regional europeu da OMS, Hans Kluge, que indicou que, de acordo com os dados recolhidos em 24 países, a mortalidade em excesso registada desde o início de março é “muito acima do que seria normalmente expectável nesta altura do ano”.

Em conferência de imprensa virtual a partir da sede europeia da organização, em Copenhaga, Hans Kluge indicou que nos 53 países cobertos, se registaram “mais de dois milhões de casos [de Covid-19] e mais de 175 mil mortes”.

Segundo os números da OMS, mais de 94% de todas as mortes relacionadas com a Covid-19 foram de pessoas com mais de 60 anos de idade e 59% eram homens.

Em 97% dos casos, havia outra doença prévia, na maior parte dos casos cardiovascular.

Nas últimas duas semanas, o número de casos acumulados aumentou 15% e, nesse período, os países com mais novos casos comunicados foram Rússia, Reino Unido, Turquia, Bielorrússia e Itália.

COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas
Editorial | Rui Nogueira, Médico de Família e presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar
COVID e não-COVID: Investimentos para resolver novos e velhos problemas

Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. O estado de emergência terminou e o estado de calamidade passou, mas o problema de saúde mantem-se ativo. É urgente encontrar uma visão inovadora e adotar uma nova estratégia. As unidades de saúde precisam de encontrar respostas adequadas e seguras.

Mais lidas