Liga Portuguesa Contra o Cancro promove campanha de sensibilização para linfoma não Hodgkin
DATA
17/09/2020 12:16:44
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Liga Portuguesa Contra o Cancro promove campanha de sensibilização para linfoma não Hodgkin

A Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) está a promover uma campanha de sensibilização para o linfoma não Hodgkin (LNH), com o apoio da Gilead Sciences, alertando a população portuguesa para a importância de procurar um médico assistente de forma a obter um diagnóstico atempado e não comprometer o tratamento.

A campanha – a propósito do Dia Mundial do Linfoma, que se assinalou a 15 de setembro – vem alertar a população para esta doença oncológica, cujos sintomas são difusos e sem sinais específicos, através de diferentes materiais digitais e físicos (folhetos, vídeos com testemunhos de uma hematologista, uma sobrevivente e uma cuidadora) com informação sobre a doença.

Em Portugal, todos os anos cerca de 1.700 pessoas diagnosticadas com linfoma não Hodgkin (LNH) e, embora possa ocorrer em qualquer idade, a maioria dos casos está acima dos 60 anos de idade, com um ligeiro predomínio no sexo masculino.

O linfoma é um grupo de doenças resultantes da acumulação de linfócitos (um subtipo de glóbulos brancos) malignos nos gânglios linfáticos. 

“Com esta campanha a LPCC pretende, no âmbito das suas atividades, contribuir para o esclarecimento e sensibilização da população sobre uma patologia ainda pouco conhecida”, explica o presidente da Liga Portuguesa Contra o Cancro, Vítor Rodrigues.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.