Unidade Móvel de Saúde promove vacinação contra a gripe nas aldeias de Vila Real
DATA
29/09/2020 11:39:11
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Unidade Móvel de Saúde promove vacinação contra a gripe nas aldeias de Vila Real

A Unidade Móvel de Saúde de Vila Real vai percorrer as aldeias do concelho para promover a vacinação contra a gripe dos idosos e doentes crónicos, e ultrapassar dificuldades de deslocação, anunciou hoje o município.

A iniciativa vai ser promovida pela Câmara de Vila Real, o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Marão – Douro Norte e as juntas de freguesia do concelho.

“Conscientes da gravidade da pandemia que assola o país e o mundo, estas instituições decidiram voltar a dar as mãos em prol da segurança sanitária dos cidadãos. Apesar de ainda não estar disponível uma vacina contra a Covid-19, é fundamental não descurar o combate a outras doenças de especial incidência no inverno, nomeadamente a gripe comum”, referiu o município de Vila Real, em comunicado.

A autarquia explicou que, através da Unidade Móvel de Saúde e após sinalização das juntas de freguesia, o ACES Douro Norte irá deslocar-se até às várias freguesias, promovendo a vacinação da população com mais de 65 anos e doentes crónicos.

“Esta ação de proatividade pretende ultrapassar algumas dificuldades de deslocação, bem como evitar a concentração destes grupos de risco nas unidades de saúde. Ao mesmo tempo, permite alcançar o maior número de pessoas possível, devido à proximidade das juntas de freguesia”, acrescentou.

De acordo com a câmara, a “efetivação desta medida está agora apenas dependente da entrega das vacinas contra a gripe, por parte da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, ao ACES Douro Norte”.

“À medida que as vacinas requisitadas forem sendo disponibilizadas ao ACES, iniciar-se-á a campanha de vacinação”, salientou.

No concelho de Vila Real há hoje 21 casos ativos de infeção pela doença provocada pelo novo coronavírus.

Desde o início da pandemia, o distrito de Vila Real registou 477 infetados com Covid-19.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas