Covid-19: Hospital Amadora-Sintra com nova urgência dedicada à pandemia em novembro
DATA
29/10/2020 09:44:24
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Covid-19: Hospital Amadora-Sintra com nova urgência dedicada à pandemia em novembro

O Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra), no distrito de Lisboa, vai dispor a partir de novembro de uma nova unidade de urgência dedicada à Covid-19, num investimento de 1,2 milhões de euros, foi hoje anunciado.

Em comunicado, fonte oficial do Hospital Fernando da Fonseca (HFF) explica que a obra será financiada pelas Câmaras Municipais de Sintra e da Amadora, podendo beneficiar mais de meio milhão de utentes dos dois concelhos.

A nova unidade, que deverá abrir portas no final de novembro, ficará instalada numa área de 750 metros quadrados e será destinada exclusivamente ao acolhimento e avaliação clínica de doentes e suspeitos da Covid-19.

O equipamento irá disponibilizar em ambulatório, uma sala de reanimação, uma sala de triagem, uma sala de espera, dez boxes para observação e monitorização de doentes, seis gabinetes de observação médica e uma sala de raio x.

Ao nível do internamento, a nova unidade irá disponibilizar 16 boxes para internamento de pacientes e dois quartos de isolamento.

“Este investimento estruturante em contexto de aceleração da pandemia nos concelhos servidos pelo HFF permite criar dois circuitos separados, com reorganização dos espaços e dos recursos humanos afetos ao ambulatório do serviço de urgência, através da criação de duas áreas ambulatórias em locais distintos (uma área para doentes sem suspeita de infeção e outra área para doentes Covid-19)”, explica a nota.

O HFF serve cerca de 550 mil pessoas dos concelhos da Amadora e de Sintra.

O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Editorial | Jornal Médico
O novo normal e a nova realidade – que alterações provocadas pela pandemia vieram para ficar?
Acertar procedimentos e aperfeiçoar métodos de trabalho. Encontrar uma nova visão e adotar uma nova estratégia útil na nossa prática clínica quotidiana. Valorizar as unidades de saúde por estarem a dar as respostas adequadas e seguras é o mínimo que se exige, mas é urgente e inevitável um plano de investimento nos centros de saúde do Serviço Nacional de Saúde.

Mais lidas