Ordem dos Médicos apresenta propostas urgentes para combate mais eficaz à Covid-19
DATA
19/01/2021 10:07:59
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Ordem dos Médicos apresenta propostas urgentes para combate mais eficaz à Covid-19

A Ordem dos médicos renovou um conjunto de 10 propostas urgentes para um combate mais eficaz da pandemia, tendo em conta a situação da saúde neste momento em Portugal.

O bastonário da ordem, Miguel Guimarães e o seu Gabinete de Crise para a Covid-19 defendem a adoção de um confinamento geral, semelhante ao que ocorreu em março e abril de 2020, apelando à revisão do Plano Nacional de Vacinação Covid-19 e um pedido de parecer urgente ao Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida sobre critérios de prioridade para vacinação Covid-19.

 Miguel Guimarães propõe também “comunicar aos portugueses de forma transparente, coerente e objetiva, não omitindo a verdade, não tentando esconder a gravidade da situação, nem tentando encontrar bodes expiatórios para justificar a incapacidade de liderar o combate à pandemia”.

O reforço da capacidade de resposta das equipas de saúde pública para realizar inquéritos epidemiológicos válidos e de forma rápida para identificar contactos de alto risco e quebrar cadeias de transmissão, e o aumento da capacidade de testagem de pessoas infetadas e dos seus contactos, bem como a utilização de uma forma organizada e planeada de todos os recursos do sistema de saúde, para dar respostas consistentes aos doentes Covid-19 e não Covid-19, são outras das propostas apresentadas.

A Ordem dos Médicos refere que os profissionais de saúde têm, neste momento, de tomar decisões complexas difíceis num contexto de medicina de catástrofe com estabelecimento de critérios de prioridade, não conseguindo salvar todas as vidas.

“São eles que desesperam perante os limites do sofrimento e da compaixão, mercê da incapacidade de tratar o outro, e assim são vítimas de burnout e sofrimento ético. São eles que, além dos doentes, sofrem no terreno, e que aguentam a pressão brutal sobre o SNS”, adverte.

A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Joana Romeira Torres
A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
A Organização Mundial de Saúde alude que os Cuidados de Saúde Primários (CSP) são cruciais para a obtenção de promoção da saúde a nível global. Neste sentido, a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) tem estabelecido estratégias que têm permitido marcar posição dos mesmos na comunidade médica geral.

Mais lidas