Covid-19: Farmacêuticas GSK e CureVac desenvolvem nova vacina em conjunto
DATA
03/02/2021 10:00:13
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Covid-19: Farmacêuticas GSK e CureVac desenvolvem nova vacina em conjunto

O laboratório farmacêutico britânico GSK e o alemão CureVac anunciaram que vão desenvolver em conjunto uma vacina contra o novo coronavírus que esperam estar pronta em 2022. 

Em comunicado, as farmacêuticas referem que têm como objetivo desenvolver “uma vacina que responda às variantes que possam surgir durante a pandemia”, acrescentando que “neste momento, a investigação vai ter como ‘alvo’ as variantes que já foram detetadas e outras que podem vir a surgir”.

Numa primeira fase, o “laboratório GSK vai apoiar durante 2021 a produção de uma primeira vacina que já foi desenvolvida pela farmacêutica CureVac e que já se encontra na ‘fase 03’ dos ensaios clínicos”.

Os trabalhos vão iniciar de imediato sendo que as empresas esperam obter resultados em 2022, desde que obtenham “luz verde” das autoridades sanitárias.

O acordo prevê um investimento de 150 milhões da GSK na empresa alemã e que “vai permitir aos britânicos obter os direitos da nova vacina para todos os países, exceto Alemanha, Áustria e Suíça”, pode ler-se em nota enviada.

Crónicas de uma pandemia anunciada
Editorial | Jornal Médico
Crónicas de uma pandemia anunciada

Era 11 de março de 2020, quando a Organização Mundial de Saúde declarou o estado de Pandemia por COVID-19 e a organização dos serviços saúde, como conhecíamos até então, mudou. Reorganizaram-se serviços, redefiniram-se prioridades, com um fim comum: combater o SARS-CoV-2 e evitar o colapso do Serviço Nacional de Saúde, que, sem pandemia, já vivia em constante sobrecarga.

Mais lidas