OMS aprova utilização de emergência de duas versões da vacina da AstraZeneca
DATA
16/02/2021 11:46:49
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




OMS aprova utilização de emergência de duas versões da vacina da AstraZeneca
A Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou a utilização de emergência de duas versões da vacina Oxford-AstraZeneca no combate à Covid-19. O anúncio foi feito pelo o diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Falando em conferência de imprensa 'online' a partir de Genebra o responsável disse que tal permite agora que as vacinas sejam lançadas a nível mundial através do Covax, o mecanismo que a OMS criou para uma distribuição equitativa de vacinas para combater o novo coronavírus.

O diretor-geral especificou que uma das vacinas é produzida na Coreia do Sul pela SkBio e a outra na Índia, pelo Serum Institute. As duas empresas estão a produzir a mesma vacina, mas como são feitas em locais diferentes foram necessárias duas revisões e aprovações.

Finalizou que o processo “foi concluído em menos de um mês, desde que a OMS recebeu os dossiers completos dos fabricantes, e explicou que as duas vacinas se juntam a outra que já tinha sido aprovada, da Pfizer-BioNTech”.

Crónicas de uma pandemia anunciada
Editorial | Jornal Médico
Crónicas de uma pandemia anunciada

Era 11 de março de 2020, quando a Organização Mundial de Saúde declarou o estado de Pandemia por COVID-19 e a organização dos serviços saúde, como conhecíamos até então, mudou. Reorganizaram-se serviços, redefiniram-se prioridades, com um fim comum: combater o SARS-CoV-2 e evitar o colapso do Serviço Nacional de Saúde, que, sem pandemia, já vivia em constante sobrecarga.

Mais lidas