Pandemia em debate no 15.º Congresso Português de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global
O 15º Congresso Português de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global (RCVG) organizado pela Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH), vai realizar-se nos dias 26, 27 e 28 de fevereiro e terá em destaque o tema dos doentes portadores de doença cardiovascular estarem entre os grupos considerados de risco para a Covid-19.

“As infeções víricas e/ou bacterianas são muitas vezes o gatilho para desencadear a descompensação de doentes com fatores de risco ou doença vascular, muitos dos quais estavam perfeitamente estáveis até então. O vírus SARS-Cov-2, responsável pela COVID-19, não é diferente, e o facto de até há muito pouco tempo não haver profilaxia, a não ser as medidas higieno-sanitárias, constitui um óbvio obstáculo à contenção e controlo da doença e das suas complicações”, explica o presidente da Sociedade Portuguesa de Hipertensão, Vítor Paixão Dias, em comunicado.

Acrescenta que “o risco de complicações relacionadas com a Covid-19 é substancialmente maior naquelas pessoas que, de base, já têm um maior risco. O prognóstico é, portanto, pior nestas pessoas. Os fatores de risco vascular, com particular destaque para a Hipertensão Arterial e a Diabetes Mellitus, conferem maior risco de complicações e mortalidade nos doentes infetados com o vírus SARS-CoV-2”. 

No decorrer do congresso virtual vão ser analisados e debatidos diversos temas com destaque para “Os novos medicamentos cardiovasculares que também reduzem a glicemia” ou para a “Abordagem do doente com HTA e comorbidades”.

Do programa faz parte também o “Simpósio Luso Brasileiro – Hipertensão e Diabetes - o que orientam as diretrizes” e o “Simpósio Luso-Húngaro: Rastreio de pressão arterial de larga escala na Hungria - Primeiros resultados do Registo Húngaro de Hipertensão 2018-2022”.

Sobre o 15º Congresso Português de Hipertensão e Risco Cardiovascular Global (RCVG), o presidente da Comissão Organizadora, Luís Bronze, conclui que “apesar das contingências, irá ser um congresso excitante, inovador e, pela primeira vez na sua história, com inscrições livres para todos”. 

A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Joana Romeira Torres
A "hiperventilação" dos Cuidados de Saúde Primários
A Organização Mundial de Saúde alude que os Cuidados de Saúde Primários (CSP) são cruciais para a obtenção de promoção da saúde a nível global. Neste sentido, a Organização Mundial dos Médicos de Família (WONCA) tem estabelecido estratégias que têm permitido marcar posição dos mesmos na comunidade médica geral.

Mais lidas