Ferrer Portugal alcança a certificação Great Place to Work®
DATA
27/04/2021 09:42:44
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Ferrer Portugal alcança a certificação Great Place to Work®

O laboratório farmacêutico Ferrer Portugal foi reconhecido como um “excelente lugar para trabalhar” pela empresa de consultoria Great Place to Work®, que identifica e dá certificação aos melhores lugares para trabalhar.

 

“Escutar a voz da equipa foi fundamental para alcançar a certificação Great Place to Work®, o reconhecimento mais prestigiado no campo da gestão de pessoas e estratégia de negócio, que se outorga anualmente aos melhores empregadores do mundo”, afirma o laboratório, em nota enviada.

Os resultados do questionário mostram que as pessoas que trabalham na Ferrer Portugal “valorizam especialmente a ética e a transparência da empresa, o orgulho de pertença gerado pela sua contribuição para a sociedade e o tratamento justo, independentemente da idade, raça, sexo ou orientação sexual”. Atualmente tem uma força de trabalho com 46% de mulheres e paridade absoluta no seu Comité de Direção.

De acordo com o laboratório, um dos principais motores da mudança nos últimos anos tem sido a “construção de uma cultura de confiança que promove a sustentabilidade da empresa e o bem-estar da equipa”.

“As pessoas estão no centro e o compromisso com o talento e o seu desenvolvimento é uma prioridade estratégica, que anda de mãos dadas com a promoção da transversalidade e a tomada de decisões baseada em dados. Esta transformação cultural visa promover o compromisso e a capacitação dos colaboradores de forma a gerar um impacto positivo na sociedade”, esclarece.

Para o CEO da Ferrer, Mario Rovirosa, “esta certificação é um merecido reconhecimento do esforço e compromisso demonstrado por todos na Ferrer para nos transformar numa empresa cada vez mais aberta, respeitosa e equitativa”.

“Se somos realmente um grande lugar para trabalhar, é porque temos grandes pessoas. Hoje estamos orgulhosos deste reconhecimento, mas não estamos satisfeitos, queremos continuar a aprender e a melhorar em conjunto. Esta é a única forma de fazermos a diferença", finaliza.

Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas