Presidente da SPAIC defende colaboração entre Imunoalergologia e MGF para maximizar os cuidados de saúde prestados
DATA
08/06/2021 10:19:07
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Presidente da SPAIC defende colaboração entre Imunoalergologia e MGF para maximizar os cuidados de saúde prestados

O estado da arte do tratamento das doenças alérgicas e o papel da Medicina Geral e Familiar (MGF) e da Imunoalergologia na gestão do doente alérgico são abordados pelo presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), Manuel Branco Ferreira.

O especialista desmistifica a associação dos corticoides inalados a efeitos adversos graves, esclarecendo que este tipo de fármacos contém uma dose reduzida de corticoides e que só parte da dose é absorvida. “Os corticoides inalados não se associam a efeitos sistémicos significativos, quando usados nas doses normais”, afirma.

Veja o vídeo: 

MGF 2020-30: Desafios e oportunidades
Editorial | Gil Correia
MGF 2020-30: Desafios e oportunidades

Em março de 2020 vivemos a ilusão de que algumas semanas de confinamento nos libertariam para um futuro sem Covid-19. No resto do ano acreditámos que em 2021 a realidade voltaria. Mas, por definição, a crise é uma mudança de paradigma. O normal mudou. Importa que a Medicina Geral e Familiar se adapte e aproveite as oportunidades criadas. A Telemedicina, a desburocratização e um ambiente de informação, amigável flexível e unificado são áreas que me parecem fulcrais na projeção da MGF no futuro.

Mais lidas