FMUL com Mestrado em Investigação Clínica

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) está, desde já, a divulgar a abertura do Mestrado em Investigação Clínica, para o próximo ano letivo 2021/2022. O objetivo principal é desenvolver e proporcionar competências especializadas no desenvolvimento e gestão de investigação clínica.

Esta é a base do conhecimento clínico científico, desempenhando um papel fundamental no avanço e aprimoramento do conhecimento e inovação na saúde, assinala, em comunicado, a FMUL.

O curso terá como unidades curriculares “Fundamentos de Investigação Clínica aplicados a áreas terapêuticas”, “Farmacovigilância e Gestão de Risco em Investigação Clínica”, “Gestão e Monitorização de Estudos Clínicos” e “Comunicação e Escrita Científica em Investigação Clínica”, entre outras.

O programa pretende promover a formação de profissionais da área das ciências da saúde, que integrem ou pretendam integrar equipas de investigação ou equipas multidisciplinares de gestão de investigação clínica, e desenvolver competências para execução e supervisão de atividades neste campo.

Fausto Pinto e Joaquim Ferreira são os coordenadores do mestrado.

Estão disponíveis 20 vagas e podem candidatar-se titulares de licenciaturas/mestrado integrado ou equivalente legal em Medicina ou outras áreas das ciências da saúde ou semelhantes (Biologia, Bioquímica, Química).

O período de candidaturas decorre até 30 de junho.

MGF 2020-30: Desafios e oportunidades
Editorial | Gil Correia
MGF 2020-30: Desafios e oportunidades

Em março de 2020 vivemos a ilusão de que algumas semanas de confinamento nos libertariam para um futuro sem Covid-19. No resto do ano acreditámos que em 2021 a realidade voltaria. Mas, por definição, a crise é uma mudança de paradigma. O normal mudou. Importa que a Medicina Geral e Familiar se adapte e aproveite as oportunidades criadas. A Telemedicina, a desburocratização e um ambiente de informação, amigável flexível e unificado são áreas que me parecem fulcrais na projeção da MGF no futuro.

Mais lidas