UpHill investe 4,5 ME para a melhoria da qualidade da saúde
DATA
13/09/2021 16:23:05
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



UpHill investe 4,5 ME para a melhoria da qualidade da saúde

A UpHill fechou uma nova ronda de investimento no valor de 3,5 ME, o que eleva para 4,5 ME o total dos seus investimentos já realizados para a melhoria da qualidade da saúde. Desta vez, as atenções estão viradas para uma solução tipo GPS “que fornece, em tempo real, orientações multidisciplinares, baseadas em evidência, sobre o caminho que deve ser seguido por cada paciente em particular”.

As palavras, avançadas em comunicado, são de Eduardo Freire Rodrigues, CEO e cofundador da tecnológica portuguesa UpHill, sublinhando que, “consequentemente”, com a referida nova solução, os profissionais de saúde “aumentam a adesão às melhores práticas clínicas, as unidades de saúde reduzem o desperdício injustificado e os resultados dos doentes tornam-se mais previsíveis”.

Desenvolvendo conteúdos e software médico para apoiar as decisões clínicas dos profissionais de saúde e aumentar a eficácia dos cuidados, a UpHill viu, entretanto, quadruplicar o número de utilizadores ativos, e mais que duplicou as receitas mensais recorrentes. Na citada nota, assinala-se que o novo investimento pretende “acelerar o processo de internacionalização, apostar no crescimento das equipas de desenvolvimento de produto e negócio e no lançamento de novas funcionalidades”. 

“Até agora o nosso âmbito de trabalho centrou-se, essencialmente, em simplificar o acesso dos profissionais de saúde a informações precisas e acionáveis que lhes permitissem tomar melhores decisões. Os próximos tempos serão marcados por avanços significativos e transformadores no produto, que o tornarão mais automatizado, integrado nos sistemas hospitalares e útil também para os doentes”, releva Eduardo Freire Rodrigues.  

Nesta ronda, a empresa atraiu, pela primeira vez, capital estrangeiro. Alex Spiro Latsis, partner da Brighteye Ventures, frisa que estão “muito satisfeitos por apoiar a UpHill nesta fase em que se está a expandir para novos mercados (…), para ajudar os profissionais de saúde a ultrapassar desafios complexos com confiança, todos os dias, em qualquer lugar.”

Investir na Saúde é também investir na Formação
Editorial | Carlos Mestre
Investir na Saúde é também investir na Formação

Em março de 2021 existia em Portugal continental um total de 898.240 pessoas sem Médico de Família (MF) atribuído, ou seja, 8,7% da população não tem um acompanhamento regular com todas as medidas preventivas e curativas inerentes ao papel do especialista em Medicina Geral e Familiar (MGF).

Mais lidas