Fertilidade +: O programa que informa os especialistas de MGF sobre a infertilidade
DATA
27/09/2021 17:19:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Fertilidade +: O programa que informa os especialistas de MGF sobre a infertilidade

A Organon Portugal está a promover o Fertilidade +, um programa de formação e partilha de conhecimento sobre o diagnóstico e o tratamento da infertilidade. O objetivo é informar e dar competências aos médicos de Medicina Geral e Familiar (MGF) para auxiliarem no diagnóstico e aconselhamento das mulheres e, também, de casais que experienciem problemas de infertilidade.

 

O programa será composto por cinco webinares que vão decorrer em setembro, outubro e novembro. O primeiro acontece já a 30 de setembro e tem a colaboração de duas especialistas do Ferticentro – Centro de Estudos de Fertilidade, de Coimbra. O “Estudo do casal infértil será o primeiro tema analisado por Paula Ruivo Manso, especialista em Ginecologia e Obstetrícia, que irá debruçar-se sobre que exames e ferramentas existentes para estudar e avaliar as causas de infertilidade de uma mulher e/ou casal. Já o segundo tema é dirigido por Inês Couceiro, embriologista clínica que tratará o “Fator masculino na infertilidade”, quais as suas causas e os tratamentos disponíveis.

A 14 de outubro regressam os webinares para abordar os Tratamentos de procriação medicamente assistida (PMA)” e a “Preservação da fertilidade”. Durante este mês, será ainda realizada outra sessão dedicada às temáticas da “Idade feminina e função ovárica” e à “Doação de óvulos”.

Em novembro, estão previstos mais dois eventos: uma sessão que vai incidir sobre a Genética e procriação medicamente assistida (PMA)” e sobre o “Teste genético pré-implantação (PGT)”. E outra sessão em que serão analisadas as problemáticas do “Síndrome do ovário poliquístico” e da “Maturação in vitro de óvulos (IVM)”.

Esta iniciativa é dirigida aos médicos dos cuidados de saúde primários que desempenham um papel interventivo junto da comunidade, na sensibilização e esclarecimento de dúvidas sobre a fertilidade e diagnóstico de causas de infertilidade.

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.