“Check-up Mulher”: a análise que despista problemas de saúde predominantes
DATA
11/10/2021 16:32:36
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


“Check-up Mulher”: a análise que despista problemas de saúde predominantes

A SYNLAB, uma rede de laboratórios de análises clínicas e diagnósticos médicos, lançou o novo “Check-up Mulher”, concebido para ajudar a despistar problemas de saúde e doenças mais prevalentes e predominantes das mulheres.

Criado para homenagear o sexo feminino, este check-up está disponível em duas modalidades: básico e completo. "A versão básica efetua uma avaliação geral da saúde da mulher, enquanto a versão completa inclui ainda a análise da predisposição para anemia, a deteção de alterações de tiroide e a identificação do grupo sanguíneo", pode ler-se em comunicado.

Esta análise não é comparticipada e não necessita de prescrição médica, sendo que podem ser realizadas nas unidades SYNLAB sem marcação ou ao domicílio com marcação obrigatória. Esta é feita através de “uma colheita de sangue, que implica jejum obrigatório de 10 a 14 horas, e proibição de ingestão de bebidas alcoólicas nos três dias que antecedem a colheita, bem como de gorduras na última refeição do dia anterior à colheita”. Já a versão completa inclui ainda uma análise à urina, não sendo possível tomar medicamentos com ferro no dia da colheita.

Os resultados são entregues em aproximadamente três dias úteis e podem ser enviados por email ou CTT, levantados na receção da unidade ou consultados no website.

Se os jovens Médicos de Família querem permanecer no SNS e se o SNS precisa deles, o que falta?
Editorial | António Luz Pereira
Se os jovens Médicos de Família querem permanecer no SNS e se o SNS precisa deles, o que falta?

Nestes últimos dias tem sido notícia o número de vagas que ficaram por preencher, o número de jovens Médicos de Família que não escolheram vaga e o número de utentes que vão permanecer sem médico de família. Há três grandes razões para isto acontecer e que carecem de correção urgente para conseguir cativar os jovens Médicos de Família.

Mais lidas