Projeto sobre doenças neurológicas vence prémio da Agência Nacional de Inovação
DATA
28/10/2021 17:20:07
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Projeto sobre doenças neurológicas vence prémio da Agência Nacional de Inovação

Pick yoUR bRain. É este o nome do projeto vencedor do prémio Born from Knowledge, na categoria de “Saúde e Bem-estar”, atribuído pela Agência Nacional de Inovação (ANI). O seu propósito é reduzir custos de desenvolvimento de novos tratamentos de doenças neurológicas.

Desenvolvido por Irina Moreira, Nícia Ferreira, Miguel Machoqueiro e Rita Melo, investigadores da Universidade de Coimbra (UC), Pick yoUR bRain consiste numa plataforma tecnológica que tem como função “detetar novos alvos moleculares, portanto os novos alvos terapêuticos para as doenças neurológicas associadas ao envelhecimento”, conforme noticia a agência Lusa.

“É preciso encontrar soluções inovadoras que de alguma maneira nos permitam uma velhice mais segura e com mais saúde”, disse a investigadora Irina Moreira.

Esta será uma plataforma dirigida para empresas farmacêuticas, pois permite reduzir eficazmente os custos de desenvolvimento de novos tratamentos para doenças neurológicas.

As farmacêuticas estão recorrer cada vez mais a outsourcing especializado “em determinados nichos de mercado e o que nós queremos é criar uma empresa desse género”, explicou.

Neste concurso, foram também distinguidos os projetos Termy.co, da Escola Superior Artística do Porto, na categoria de “Recursos Naturais, Ambiente, Energia e Mobilidade Sustentável”; All.iN, da Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril, na categoria de “Turismo, Indústrias Culturais e Criativas” e Balvia Care, do Instituto Politécnico de Bragança, na categoria “Inteligência Artificial e Tecnologias Avançadas de Produção”.

Estão previstas três edições (Norte, Centro e Alentejo) em que os participantes vão ser acompanhados por uma rede de mentores, constituída por outros empreendedores, entidades parceiras da ANI, empresas, ao longo de três meses.

 

Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas