Analgésicos são mais consumidos por mulheres
DATA
18/11/2021 17:09:18
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Analgésicos são mais consumidos por mulheres

Segundo o estudo da Target Group Index (TGI) da Marktest, os analgésicos são mais consumidos por mulheres (66,6%), comparativamente a 47% dos homens que referem tomar analgésicos.

Entre as idades, os valores sobem gradualmente com o avanço da idade, até um máximo de 72,3% entre os indivíduos dos 45 aos 54 anos, baixando até 46,4% entre os indivíduos com mais de 64 anos.

Relativamente às regiões, é em Lisboa e no Porto que a percentagem de consumidores destes medicamentos é maior e, entre as classes sociais, não há grandes diferenças de comportamento.

Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas