OM reativa prémio que privilegia vertente humanista da Medicina
DATA
25/11/2021 09:45:14
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


OM reativa prémio que privilegia vertente humanista da Medicina

A Ordem dos Médicos (OM) reativou o prémio “Miller Guerra 2021/22” que privilegia a vertente humanista da Medicina, continuando a homenagear a memória de Miller Guerra. Este foi criado em 2012, fruto de uma parceria, mas desde 2017 que não se realizava.

Segundo a entidade, este prémio continua “a destinar-se a galardoar um médico que se tenha distinguido por uma carreira dedicada ao serviço dos doentes e ao progresso da assistência médica em Portugal, privilegiando sobretudo a atitude humanista na prática clínica, como era apanágio de Miller Guerra”.

As carreiras médicas dos candidatos deverão, assim, caracterizar-se por uma “dedicação inexcedível aos princípios do juramento de Hipócrates e por uma capacidade de liderança pelo exemplo de humanitarismo, aliadas a sólidos conhecimentos técnicos e científicos”, sendo que é necessário ainda “distinguir-se pela capacidade de atração e formação e por um impacto positivo na instituição em que trabalham, bem como na sociedade médica e na sociedade em geral”.

O prémio destina-se a médicos ainda em atividade ou recém-reformados, não podendo ser atribuído a título póstumo.

Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas