COVID-19: Docentes e funcionários escolares são grupo prioritário na vacinação
DATA
04/01/2022 17:04:17
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




COVID-19: Docentes e funcionários escolares são grupo prioritário na vacinação

Os professores bem como todos os trabalhadores não docentes são considerados grupo prioritário na toma da vacina contra a COVID-19 e podem fazer o reforço em regime de Casa Aberta entre as tardes de quinta-feira e domingo, segundo as autoridades de saúde.

“Os Centros de Vacinação realizarão, nos próximos dias 6, 7, 8 e 9 de janeiro, no período da tarde, em modalidade de Casa Aberta através de senha digital e específico para a vacinação da Comunidade Escolar, a administração de doses de reforço contra a COVID-19”, pode ler-se no documento divulgado pelas autoridades de saúde.

Na segunda-feira, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, anunciou que os professores e profissionais das creches e ATL podiam fazer o reforço da vacina durante a tarde, ficando reservadas as manhãs para a vacinação das crianças entre os 5 e os 11 anos.

Segundo estimativas da Federação Nacional dos Professores, cerca de metade dos docentes ainda não tinham feito o reforço da vacina, por não serem considerados ilegíveis para o poder fazer.

As autoridades de saúde indicaram que o pessoal docente e não docente que queira vacinar-se com a dose de reforço tem de efetuar previamente o pedido de senha digital no Portal COVID-19.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.