Risco de internamento e morte substancialmente menor com Ómicron face à Delta
DATA
13/01/2022 15:12:34
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Risco de internamento e morte substancialmente menor com Ómicron face à Delta

Um estudo aprofundado, que envolveu quase 70 mil norte-americanos infetados com COVID-19, mostrou um risco substancialmente menor de hospitalização e morte com a variante Ómicron, comparativamente com a Delta, independentemente do nível de imunidade da população.

Segundo o estudo divulgado, as pessoas infetadas com a Ómicron tinham metade do risco de serem hospitalizadas do que aquelas com a variante Delta, sendo que o risco de ser internado em cuidados intensivos foi reduzido em cerca de 75% e o risco de morte em mais de 90%, na comparação com as duas variantes.

Das mais de 52 mil pessoas infetadas com Ómicron e acompanhadas por esta investigação, nenhuma delas careceu de ser internada em cuidados intensivos, ao contrário das 11 pessoas, em quase 17 mil infetados com a variante Delta, que desenvolveram complicações graves.

Esta investigação reforça as conclusões dos dados de outros países, como África do Sul ou Reino Unido, que indicam que a Ómicron se desenvolve mais nas vias aéreas superiores (nariz ou garganta) do que nos pulmões, onde se desenvolvem graves complicações devido à COVID-19.

O estudo foi conduzido por investigadores da Universidade da Califórnia, Berkeley, Kaiser Permanente e dos Centros de Prevenção e Controle de Doenças (CDC).

Apesar do estudo observar uma eficácia reduzida das vacinas contra infeções ligadas à variante Ómicron, a proteção permanece, no entanto, substancial contra as formas mais graves da doença.

#sejamestrelas
Editorial | António Luz Pereira
#sejamestrelas

Ciclicamente as capas dos jornais são preenchidas com o número de novos médicos. Por instantes todos prestam atenção aos números. Sim, para muitos são apenas números. Para nós, são colegas que se decidiram pelo compromisso com os utentes nas mais diversas áreas. Por isso, queremos deixar a todos, mas especialmente aqueles que abraçaram este ano a melhor especialidade do Mundo uma mensagem: “Sejam Estrelas”.

Mais lidas