Impacto da psoríase na vida dos doentes em análise
DATA
19/01/2022 09:47:37
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Impacto da psoríase na vida dos doentes em análise

Neste episódio de Skin Partners, o podcast que dá voz à pele, a temática que esteve na ordem do dia foi o impacto da psoríase na vida dos doentes.

A psoríase é uma dermatose inflamatória crónica, sistémica e com elevado impacto na qualidade de vida das pessoas que vivem com esta doença. Não existe uma cura para a doença, mas devido aos diversos tratamentos disponíveis, é possível atenuar ou eliminar o impacto dos sintomas e reduzir a frequência das exacerbações.

Para tentar compreender o impacto psicossocial e físico desta patologia, de que forma interfere na qualidade de vida dos seus portadores e ainda entender qual o papel das associações dos doentes na gestão desta condição, o coordenador da Unidade de Psoríase do Centro de Dermatologia do Hospital CUF Descobertas, em Lisboa, Paulo Ferreira, e o presidente da PSO Portugal — Associação Portuguesa da Psoríase, Jaime Melancia, partilham as suas reflexões.

“Destacaria as comorbilidades psicopsiquiátricas, a artrite psoriática, a síndrome metabólica e as comorbilidades cardiovasculares, ou seja, falamos de um conjunto de doenças que têm graves impactos no doente”, aponta Paulo Ferreira. Frisa, ainda, que “as comorbilidades psicopsiquiátricas derivam da visibilidade das lesões e dos impactos que traz, quer da imagem que o doente tem de si próprio, com baixa autoestima, com vergonha e isolamento social, mas também com os impactos que o doente perceciona do meio que o envolve”.

Na mesma linha, Jaime Melancia explica que o trabalho da PSO Portugal é prestar informação às pessoas, desmistificar esta conotação de que a psoríase é uma doença contagiosa”, reforçando que ainda existe um grande desconhecimento em relação à doença e aos próprios tratamentos.

O presidente da PSO Portugal afirma também que os farmacêuticos e os médicos de família devem estar bem informados, uma vez que muitas vezes são o principal contacto do doente.

Aceda aqui ao podcast.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.