Mais 160 médicos de família no Serviço Nacional de Saúde
DATA
19/01/2022 16:33:04
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Mais 160 médicos de família no Serviço Nacional de Saúde

Já foram preenchidas 160 vagas na área de Medicina Geral e Familiar (MGF) no âmbito do concurso de 2.ª época de 2021 para médicos especialistas no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Das 160 vagas ocupadas, 93 situam-se na Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, 32 na ARS de Lisboa e Vale do Tejo, 27 na ARS do Centro, seis na ARS do Algarve e duas na ARS do Alentejo.

“Pela primeira vez, este concurso não encerra com esta escolha, na medida em que o Despacho n.º 12248-A/2021, de 16 de dezembro, permite que, mediante autorização do Ministério da Saúde, as Unidades Locais de Saúde tenham autorização para recrutar médicos e as ARS para abrir novos concursos para preencher as vagas que não foram escolhidas”, pode ler-se em comunicado enviado pelo Gabinete da Ministra da Saúde.

Para este concurso, foram abertas 235 vagas, o que representa, para a época especial de avaliação, quer o maior número de vagas disponibilizadas para MGF dos últimos seis anos, quer o maior número de médicos recrutados, 160.

De salientar que, na segunda época de 2021, tinham concluído a especialidade 91 médicos de MGF, tendo sido possível “atrair 160 especialistas para o SNS por força da opção de abrir um número de vagas disponibilizado no concurso superior ao número de médicos recém-especialistas da correspondente época, face às necessidades existentes”.

Estima-se que o recrutamento destes 160 médicos permita que cerca de 300 mil utentes tenham acesso a médico de família.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.