Quase metade dos homens não sabe onde está a próstata
DATA
20/01/2022 17:30:44
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS



Quase metade dos homens não sabe onde está a próstata

Um estudo descobriu que mais de três quartos dos homens inquiridos (76%) desconhecem todos os sinais potenciais de um cancro da próstata, com um quarto (25%) a não conseguirem apontar quaisquer sintomas. Mais ainda, praticamente metade dos homens não sabem localizar a próstata.

“A informação é crucial neste tipo de situações. Há uma significativa falta de conhecimento acerca da próstata e sobre as suas doenças, o que pode levar a um atraso na obtenção de ajuda. Os homens devem preocupar-se ativamente com a sua saúde e, se tiverem alguma suspeita ou necessitarem de informação, podem e devem consultar o seu urologista”, frisou o fundador e diretor do Instituto de Terapia Focal da Próstata e médico no IPO do Porto, José Sanches.

Segundo o mesmo estudo, os homens que abordam o tópico com amigos ou familiares são quatro vezes mais propensos a reconhecer os sintomas (31% vs 8%) e têm duas vezes mais probabilidade de receber um diagnóstico precoce de cancro (83% vs 43%). As barreiras mais comuns que impedem os homens de abordar o tema são o constrangimento, devido à natureza dos sintomas (46%), e não quererem que as pessoas se preocupem com eles (16%).

“Surpreendentemente, as mulheres - que não têm próstata - estão 27% mais predispostas a conhecer os sinais que devem ser observados nos homens. Mais ainda, um terço (34%) dos homens que receberam um diagnóstico de cancro da próstata admitiu que foi o parceiro quem deu o alarme e 35% afirmaram que foi o parceiro quem os convenceu a ir ao médico”, pode ler-se em nota enviada.

Apesar de 86% dos homens estarem cientes de que um diagnóstico precoce pode salvar vidas, 36% demoraram a procurar aconselhamento. Na verdade, mais de um terço (39%) dos homens que receberam um diagnóstico de cancro da próstata disseram que foi preciso ver alguém que conheciam ser diagnosticado, para decidir consultar um médico.

O estudo em questão foi publicado em 2021 e elaborado no Reino Unido pela GenesisCare e pela Prostate Cancer Research.

Apesar de ser raro em homens com menos de 40 anos, e de a sua deteção precoce aumentar significativamente a probabilidade de sobrevivência, o cancro da próstata é ainda assim a segunda principal causa de morte por cancro em homens norte-americanos, apenas atrás do cancro do pulmão.

Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro
Editorial | Conceição Outeirinho
Preparados para o Futuro? // Preparar o Futuro

O início da segunda década deste século, foram anos de testagem. Prova intensa, e avassaladora aos serviços de saúde e aos seus profissionais, determinada pelo contexto pandémico. As fragilidades do sistema de saúde revelaram-se de modo mais acentuado, mas por outro lado, deu a conhecer o nível de capacidade de resposta, nomeadamente dos seus profissionais.