Legislação e usos terapêuticos de canabinoides em análise na Conferência Nacional de Canábis
DATA
23/03/2022 17:03:00
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS




Legislação e usos terapêuticos de canabinoides em análise na Conferência Nacional de Canábis

É já no dia 26 de março que ocorre a primeira Conferência Nacional de Canábis Medicinal, no Auditório da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), organizada pelo Observatório Português de Canábis Medicinal (OPCM) em parceria com a FMUC.

A organização pretende que se discuta conhecimentos sobre esta substância, bem como a legislação e regulamentação em Portugal, propriedades e usos terapêuticos dos canabinoides.

Carla Dias, presidente da OPCM, considera que “as exigências dos doentes estão a aumentar e a nossa missão é promover, coordenar e realizar atividades que vão ao encontro dos nossos objetivos de aumentar a consciencialização para o papel da canábis medicinal. (…) Face ao panorama atual, consideramos que este é o momento crucial para reunir os profissionais de saúde que acompanham mais direta e objetivamente o tratamento dos nossos doentes e avaliar as opções terapêuticas existentes”, partilha em comunicado.

O evento contará com a presença de várias entidades e autoridades ligadas ao setor da saúde e do medicamento, nomeadamente um representante Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, I.P; a secção regional do centro da Ordem dos Médicos; o diretor da FMUC e o presidente da Câmara Municipal de Coimbra.

Por sua vez, os oradores convidados são Marília Dourado, Professora da FMUC; Artur Aguiar, especialista de Radioncologia no Instituto Português de Oncologia do Porto; Pedro Barata, especialista no Centro Hospitalar Universitário do Porto; João Taborda da Gama, advogado; Nuno Canas, especialista de Neurologia no Hospital Beatriz Ângelo, e Manuel Gonçalves Pinho, especialista de Psiquiatria no Centro Hospitalar do Centro do Tâmega e Sousa.

As certezas enganadoras sobre os Outros
Editorial | Mário Santos, membro da Direção Nacional da APMGF
As certezas enganadoras sobre os Outros

No processo de reflexão da minha prática clínica, levo em conta para além do meu índice de desempenho geral (IDG) e da satisfação dos meus pacientes, a opinião dos Outros. Não deixo, por isso, de ler as entrevistas cujos destaques despertam em mim o interesse sobre o que pensam e o que esperam das minhas funções, como médico de família. Selecionei alguns títulos divulgados pelo Jornal Médico, que mereceram a minha atenção no último ano: