Abertas candidaturas a bolsas de investigação na área da Microbiota intestinal
DATA
04/07/2022 10:18:54
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS

Abertas candidaturas a bolsas de investigação na área da Microbiota intestinal

Estão abertas as candidaturas às bolsas nacional e internacional para projetos de investigação em Microbiota, atribuídas pela Biocodex Microbiota Foundation. Temas como a “Microbiota na Saúde Mental e no envelhecimento” ou “Microbiota na mucosa intestinal” são o mote para a atribuição de bolsas, cujo valor monetário pode ir dos 25 aos 200 mil euros.

O prémio, de 25 mil euros, visa distinguir o melhor trabalho de investigação na área da Microbiota, na Saúde Mental e no envelhecimento, realizado por clínicos/investigadores de instituições científicas e tecnológicas portuguesas, desde instituições académicas, a centros de investigação, hospitais ou unidades de saúde. 

Os projetos vão ser avaliados por um júri independente constituído pelos quatro membros do Comité Científico da Biocodex Microbiota Foundation em Portugal e devem ter uma duração máxima de 18 meses. O vencedor será informado pelo presidente do júri até um mês antes da concessão da bolsa de estudos. Consulte o regulamento e o formulário. 

No que concerne às candidaturas à bolsa Internacional para projetos com o tema “os novos metabólitos derivados de microbiota e seu impacto funcional na mucosa intestinal”, o prazo para entrega termina no dia 30 de novembro e tem um prémio, no valor de 200 mil euros. Podem candidatar-se, segundo o regulamento, médicos e investigadores de todos os países, incluindo de Portugal, independentemente da especialidade médica. 

Relativamente ao prémio Henri Boulard, estão também abertas, até ao próximo dia 15 de setembro, as candidaturas para a segunda edição do prémio Henri Boulard de Saúde Pública. Este ano, o prémio tem um valor de 30 mil euros, repartido de forma equitativa pelos três projetos mais inovadores na melhoria das condições de saúde pública em doenças relacionadas com o desequilíbrio da microbiota intestinal humana. Destina-se exclusivamente a projetos desenvolvidos em alguns países subdesenvolvidos da Ásia, África e da América Latina. 

O júri vai avaliar projetos que tenham um impacto positivo na saúde a nível local, por exemplo, por meio da educação e consciencialização em saúde, novas infraestruturas, projetos agrícolas ou de purificação de água. Os candidatos têm de ser profissionais de saúde e o projeto deve ser submetido em nome de uma associação, organização de pesquisa, hospital ou instituição.  

Este, é um prémio que presta homenagem ao cientista francês Henri Boulard, que conseguiu identificar e isolar a estirpe única SaccharomycesboulardiiCNCM I-745®, o que tem permitido, desde então, salvar a vida de milhões de pessoas em todo o mundo.  Consulte aqui o regulamento, o prazo e o formulário para as candidaturas. 

 

Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?
Editorial | Denise Cunha Velho
Internato centrado na grelha de avaliação curricular: defeito ou virtude?

Sou do tempo em que, na Zona Centro, não se conhecia a grelha de avaliação curricular, do exame final da especialidade. Cada Interno fazia o melhor que sabia e podia, com os conselhos dos seus orientadores e de internos de anos anteriores. Tive a sorte de ter uma orientadora muito dinâmica e que me deu espaço para desenvolver projectos e actividades que me mantiveram motivada, mas o verdadeiro foco sempre foi o de aprender a comunicar o melhor possível com as pessoas que nos procuram e a abordar correctamente os seus problemas. Se me perguntarem se gostaria de ter sabido melhor o que se esperava que fizesse durante os meus três anos de especialidade, responderei afirmativamente, contudo acho que temos vindo a caminhar para o outro extremo.