Filipe Coutinho abre sessão de Oncologia Geriátrica a outras especialidades
DATA
14/11/2022 11:15:20
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Filipe Coutinho abre sessão de Oncologia Geriátrica a outras especialidades

Filipe Coutinho, fundador e coordenador do  Grupo de Trabalho de Oncologia Geriátrica (GTOG), apela à participação das várias especialidades envolvidas no 19º Congresso Nacional de Oncologia, organizado pela Sociedade Portuguesa de Oncologia (SPO). O evento decorre de 16 a 18 de novembro, na Alfândega do Porto.

O GTOG da SPO irá uma vez mais participar ativamente no evento, através da sessão intitulada “Particularidades da Abordagem do Idoso”, a realizar-se no último dia do congresso, às 11h30.

"Como nossa convidada de honra, teremos o privilégio de contar com a presença de Lissandra Dal Lago, médica oncologista e diretora da Unidade de Oncogeriatria do Institut Jules Bordet. Com base na sua sabedoria e experiência em Oncologia Geriátrica, teremos a oportunidade de adquirir novos conhecimentos sobre como avaliar e tratar o idoso com cancro com base na discussão de casos clínicos. Deseja-se que a sessão se transforme num espaço de discussão e partilha de ideias, e onde a audiência terá uma participação ativa", salienta Filipe Coutinho.

O painel da sessão, moderada por Filipe Coutinho,  será ainda composto por Sofia Duque, médica especialista em Medicina Interna com competência em Geriatria e coordenadora do Núcleo de Estudos de Geriatria da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, e Marcos Pantarotto, médico especialista em Oncologia Médica e membro do GTOG.

Saiba mais acerca do 19º Congresso Nacional de Oncologia

You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade
Editorial | António Luz Pereira, Direção da APMGF
You've got mail! - quando um aumento da acessibilidade não significa melhoria da acessibilidade

No ano de 2021, foram realizadas 36 milhões de consultas médicas nos cuidados de saúde primários, mais 10,7% do que em 2020 e mais 14,2% do que em 2019. Ou seja, aproximadamente, a cada segundo foi realizada uma consulta médica.

Mais lidas