×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 35433
Apelo ao diagnóstico da Síndrome do Intestino Irritável serve de mote a podcast da Tonic App
DATA
25/11/2022 11:18:41
AUTOR
Jornal Médico
ETIQUETAS


Apelo ao diagnóstico da Síndrome do Intestino Irritável serve de mote a podcast da Tonic App

“Diagnosticar a Síndrome do Intestino Irritável pela positiva” é o mote do novo podcast da Tonic App, a aplicação móvel feita por médicos para médicos. Uma iniciativa com o apoio da Alfasigma Portugal e que procura entender o diagnóstico, o tratamento e a referenciação deste problema de saúde. Os episódios já se encontram todos disponíveis na aplicação, na secção de formação médica.

Os podcasts contam com a participação de Armando Peixoto, médico de Gastrenterologia no Centro Universitário Hospitalar de S. João, e de Andreia Carreira, médica de Medicina geral e familiar e medical manager na Tonic App. 

No decorrer dos episódios, os conteúdos abordados vão ao encontro do diagnóstico da patologia de uma perspetiva positiva, começando primeiro pela definição, seguido pela epidemiologia, a abordagem diagnóstica, a dieta com restrição de FODMAPs, passando pelo tratamento nos Cuidados de Saúde Primários, pela referenciação, bem como pela abordagem nos cuidados hospitalares e mitos associados à patologia em questão.

A Síndrome do Intestino Irritável é uma condição crónica do sistema digestivo que se associa a sintomas digestivos recorrentes e com impacto no dia-a-dia, dos quais se destacam a dor abdominal e a alteração dos hábitos intestinais, quer seja obstipação e/ou diarreia. Estima-se que mais de um milhão de portugueses seja afetado por este problema de saúde. 

A Tonic App é uma aplicação móvel portuguesa, criada em 2016, estando atualmente disponível no território nacional, contando já com mais de 23.300 utilizadores portugueses, e também em Espanha, Itália e França. A Tonic App disponibiliza informação tratada de forma independente por uma equipa especializada, baseada em fontes científicas e de entidades oficiais, o que transmite credibilidade e entrega de valor aos médicos. 

Para mais informações, consulte aqui.

É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Jornal Médico
É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários

Neste momento os CSP encontram-se sobrecarregados de processos burocráticos inúteis, duplicados, desnecessários, que comprometem a relação médico-doente e que retiram tempo para a atividade assistencial.