Displaying items by tag: ADSE

A Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP) afirmou que o acordo com a ADSE sobre a nova tabela de preços a pagar aos prestadores está “longe” de ser alcançado e que aguarda uma resposta às propostas que formulou.

Published in Atualidade

O presidente do Conselho Geral e de Supervisão da ADSE, João Proença, garantiu que a instituição está “sólida financeiramente”, mas admitiu que a sua sustentabilidade nas próximas décadas exige “muito maior rigor” e uma “grande preocupação com os beneficiários”.

Published in Atualidade

As novas tabelas da ADSE, que estão a ser negociadas com os prestadores de serviços de saúde privados, deverão entrar em vigor em abril, disseram fontes do conselho geral e de supervisão (CGS) da entidade.

Published in Atualidade

Os hospitais privados estão a estudar uma forma de os beneficiários da ADSE continuarem a ter acesso aos serviços, nas mesmas condições, mas sem ser através do subsistema de saúde dos funcionários públicos.

Published in Atualidade

O ministro da Saúde considera que as negociações das novas tabelas da ADSE servem para tentar garantir que o dinheiro dos seus beneficiários é bem utilizado.

Published in Atualidade

O grupo parlamentar do CDS-PP questionou o ministro da Saúde sobre as novas tabelas de preços da ADSE, pedindo esclarecimentos sobre se a decisão foi unilateral e garantias de que, “em circunstância alguma”, os beneficiários serão prejudicados.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos classifica como “absolutamente escandalosos” os preços que a ADSE paga por alguns atos médicos, que muitas vezes não cobrem sequer as despesas do material usado em exames.

Published in Atualidade

Os cerca de 830 mil beneficiários titulares da ADSE elegem esta terça-feira os seus quatro representantes no Conselho Geral e de Supervisão no instituto de proteção e assistência na doença dos funcionários públicos.

Published in Atualidade
Pág. 4 de 9
Governação Clínica
Editorial | Joana Romeira Torres
Governação Clínica

O Serviço Nacional de Saúde em Portugal foi criado e cresceu numa matriz de gestão napoleónica, baseada numa forte regulamentação, hierarquização e subordinação ao poder executivo, tendo como objeto leis e regulamentos para reger a atividade de serviços públicos no geral, existindo ausência de regulamentação relativa à sua articulação com os serviços sociais e económicos.

Mais lidas