Displaying items by tag: Boletim

Portugal regista hoje duas mortes por Covid-19 e 253 casos confirmados de infeção em relação ao dia de ontem, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), hoje divulgado.
Published in Atualidade

Portugal regista hoje mais cinco mortes por covid-19 e mais 214 casos confirmados de infeção em relação a segunda-feira, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), hoje divulgado.  

Published in Atualidade

Portugal regista hoje mais duas mortes por Covid-19 e 235 novos casos de infeção em relação ao dia de ontem, de acordo com o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a situação epidemiológica.

Published in Atualidade
Portugal regista hoje mais seis mortes por Covid-19 e 325 novos casos de infeção pelo SARS-CoV-2, de acordo com o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a situação epidemiológica.
Published in Atualidade

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais duas mortes e 120 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, de acordo com o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a situação epidemiológica, desde o início da pandemia até hoje registaram-se 52.825 casos de infeção confirmados de Covid-19 e 1.759 mortes, das quais mais três na região de Lisboa nas últimas 24 horas.

 

Published in Atualidade

Portugal regista hoje 657 mortes associadas à Covid-19 e 19.022 infetados, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade
Tagged under
O número de infetados em território nacional por SARS-CoV-2 aumentou para 18.841, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde (DGS).
Published in Atualidade
Tagged under
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve
Editorial | Gil Correia
Urgências no SNS – só empurrar o problema não o resolve

É quase esquizofrénico no mesmo mês em que se discute a carência de Médicos de Família no SNS empurrar, por decreto, os doentes que recorrem aos Serviços de Urgência (SU) hospitalares para os Centros de Saúde. A resolução do problema das urgências em Portugal passa necessariamente pelo repensar do sistema, do acesso e de formas inteligentes e eficientes de garantir os cuidados na medida e tempo de quem deles necessita. Os Cuidados de Saúde Primários têm aqui, naturalmente, um papel fundamental.