Displaying items by tag: Brasil

O Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) recomenda aos portugueses que pretendem viajar para o Brasil que se vacinem contra a febre-amarela devido ao surto que atinge o estado de Minas Gerais e já provocou oito mortes.

Published in Atualidade

De acordo com um estudo divulgado hoje pelo The Journal of Family Planning and Reproductive Health Care, mais de metade das mulheres brasileiras em idade fértil tentam evitar a gravidez por causa do surto do vírus Zika que assola o país desde 2015.

Published in Atualidade
Tagged under

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou que o vírus Zika está “aqui para ficar” e estimou que mais de mil novos casos de microcefalia associados à infeção pelo vírus deverão ser identificados no Brasil.

Additional Info

  • Imagem 720*435 Imagem 720*435
Published in Atualidade
Tagged under

O governo brasileiro acaba de anunciar, através de comunicado, que aquele país será considerado livre de febre aftosa, uma doença viral altamente contagiosa, em 2018, após mais de 50 anos.

Additional Info

  • Imagem 720*435 Imagem 720*435
Published in Atualidade
Tagged under

rio-og-2016

Investigadores da Universidade de Yale concluíram que o vírus do Zika constitui um risco reduzido para a comunidade internacional durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a realizar no próximo mês.

Tendo em conta as preocupações de alguns atletas que renunciaram à participação no evento devido ao risco de transmissão do vírus, o estudo publicado na revista Annals of Internal Medicine desmistifica receios, indo ao encontro da posição da Organização Mundial de Saúde (OMS), que defende que viajar para o Brasil para os Jogos Olímpicos não constituirá grande ameaça na disseminação internacional do Zika.

"É importante perceber o baixo nível de risco das Olimpíadas no esquema de muitos outros fatores que contribuem para a disseminação internacional do vírus do Zika", disse o principal autor do estudo, Joseph Lewnard.

No cenário mais pessimista, os cientistas estimam que entre os três e 37 dos milhares de atletas, espetadores, jornalistas e comerciantes levem o vírus de volta para os seus países, de acordo com algumas previsões.

Apesar do estudo contradizer a recomendação de cancelamento ou relocalização dos Jogos Olímpicos, por 150 membros da comunidade académica internacional, os investigadores construíram um modelo matemático que teve em conta a atual transmissão do Zika no Rio de Janeiro por condições sazonais, padrões de viagem ou outros fatores. Concluiu-se que mais de metade dos viajantes que se estimam que assiste aos Jogos Olímpicos deverá regressar para países ricos, onde o risco de estabelecimento da transmissão local do vírus é “negligenciável” e que cerca de 30% viajarão para países da América Latina, onde a transmissão já prevalece.

"A possibilidade de viajantes regressados dos Jogos Olímpicos espalharem o Zika tornou-se um assunto polémico”, que causou alguns danos ao evento e condenou o país. Esta investigação pretende provar que “essas preocupações são largamente exageradas", declarou o responsável do Departamento de Epidemiologia na YSPH, Albert Ko.

O Brasil é, atualmente, o país mais afetado pelo vírus Zika e conta receber até 500.000 visitantes neste evento desportivo. Contudo, pelo facto de ser inverno, prevê-se uma atividade reduzida por parte dos mosquitos.

Published in Mundo
Tagged under
terça-feira, 26 julho 2016 11:42

Brasil disponibiliza vacina contra a dengue

vacina

A Dengvaxia, a primeira vacina contra a dengue, já se encontra disponível no Brasil e pode ser adquirida por hospitais e clínicas privadas daquele país. Os preços deverão variar entre os 36 e os 38 euros, anunciou ontem o regulador.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) esclareceu que já estão a ser analisadas outras vacinas com o objetivo de serem igualmente comercializadas no futuro.

A vacina, que protege contra os quatro tipos desta doença, embora sem 100% de eficácia, poderá ser aplicada em pessoas com idades compreendidas entre os nove e os 45 anos em três doses, com seis meses de intervalo entre cada toma.

De acordo com o Ministério da Saúde daquele país, ainda não há uma previsão de compra da vacina para o Sistema Único de Saúde, contudo, a Dengvaxia já foi aprovada pelo governo brasileiro no mês de dezembro de 2015.

Published in Mundo
Tagged under

gripejm125

O Ministério da Saúde brasileiro anunciou que, desde o início do ano já foram registados 4.582 casos de gripe H1N1 naquele país, tendo a doença provocado 886 vítimas mortais.

No ano passado, ocorreram 36 mortes por H1N1 naquele país, uma descida relativamente a 2014 (163) e a 2013 (768).

Além das mortes causadas pelo vírus H1N1, desde o início do ano até ao início de junho houve ainda 93 mortes por outros tipos de 'influenza' (gripe).

Os dados do Boletim Epidemiológico de Influenza do Ministério da Saúde daquele país mostram que a região sudeste concentra o maior número de casos (2.280) de gripo H1N1, sendo 1.926 no Estado de São Paulo, onde também foi registado o maior número de mortes (402).

Segundo a tutela, este ano, mais de 49,9 milhões de pessoas já se vacinaram contra a gripe, um número que representa mais do que o público-alvo, formado por pessoas consideradas de maior risco para desenvolver complicações causadas pela doença.

Apesar de a campanha ter encerrado a 20 de maio, a vacinação prossegue em alguns locais, já que "o Ministério da Saúde disponibilizou 54 milhões de doses da vacina - uma reserva técnica de 4,2 milhões de doses acima do quantitativo de pessoas que integram o público prioritário", de acordo com informações da tutela.

Em 2009, a Organização Mundial de Saúde emitiu um alerta de pandemia por causa de um surto de H1N1, que causou cerca de 18.500 mortos em 241 países e territórios.

Published in Mundo
Tagged under

malária
Portugal registou cinco casos de vírus Zika, transmitido por picada de mosquitos infetados e associado a complicações neurológicas e malformações em fetos, todos eles importados do Brasil, segundo fonte do instituto que realiza as análises.

De acordo com o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), que faz o diagnóstico de doença por vírus Zika, os cinco casos detetados em Portugal referem-se a cidadãos que contraíram a infeção quando estavam no Brasil, tratando-se, portanto, de casos importados.

O vírus Zika é transmitido aos seres humanos por picada de mosquitos infetados, não se transmitindo de pessoa para pessoa.

Segundo a Direção Geral da Saúde (DGS), “os sintomas e sinais clínicos da doença são, em regra, ligeiros: febre, erupções cutâneas, dores nas articulações, conjuntivite, dores de cabeça e musculares”.

“Com menor frequência, podem ainda ocorrer dores nos olhos e sintomas gastrointestinais. Há suspeitas (ainda não inteiramente comprovadas) de que a doença possa provocar alterações fetais durante a gravidez, em particular microcefalia”, acrescenta a DGS.

Foram notificados casos de doença por vírus Zika em vários países: Brasil, Cabo Verde, Colômbia, El Salvador, Fiji, Guatemala, México, Nova Caledónia, Panamá, Paraguai, Porto Rico, Samoa, Ilhas Salomão, Suriname, Vanuatu, Venezuela, Martinica, Guiana Francesa e Honduras.

Na passada segunda-feira, a Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou que o vírus Zika vai continuar a espalhar-se pelo continente americano.

Lusa

Published in Mundo
Pág. 2 de 3
É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários
Editorial | Jornal Médico
É urgente desburocratizar os Cuidados de Saúde Primários

Neste momento os CSP encontram-se sobrecarregados de processos burocráticos inúteis, duplicados, desnecessários, que comprometem a relação médico-doente e que retiram tempo para a atividade assistencial.