A Direção-Geral da Saúde (DGS) confirmou a existência de 14 casos de sarampo na região de Lisboa e Vale do Tejo, dez dos quais confirmados laboratorialmente pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge.

Published in Atualidade

Mais de metade dos idosos já se vacinou contra a gripe, de acordo com os dados do “vacinómetro”, um projeto lançado em 2009 que permite monitorizar em tempo real a taxa de cobertura vacinal em grupos prioritários recomendados pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

Published in Atualidade

A adesão dos profissionais de saúde à lavagem das mãos melhorou 5,84% em 2017, face a 2013, bem como o controlo dos hospitais sobre o cumprimento desta boa prática.

Published in Atualidade

A Direção-Geral da Saúde (DGS) considera que o estudo da OCDE sobre infeções resistentes a antibióticos não reflete a realidade atual em Portugal, uma vez que entre 2014 e 2017 houve uma redução significativa das resistências a antimicrobianos.

Published in Atualidade

A vacina da gripe começa hoje a estar disponível, sendo gratuita e sem necessidade de receita médica no Serviço Nacional de Saúde (SNS) para pessoas a partir dos 65 anos, residente em lares e para alguns doentes crónicos.

Published in Atualidade

A vacina da gripe vai ser gratuita para reclusos, guardas prisionais e pessoas com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC).

Published in Atualidade

O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, garantiu que o Serviço de Saúde da Região (Sesaram) vai “continuar a trabalhar” para obter mais acreditações de qualidade pela Direção-Geral de Saúde (DGS).

Published in Atualidade

A Direção-Geral da Saúde (DGS) lançou, hoje, um manual com receitas à base de pescado em conserva, com o objetivo de promover uma alimentação saudável.

Published in Atualidade
Pág. 4 de 21
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas