segunda-feira, 05 março 2018 10:42

FNAM com novo presidente

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) anunciou que passou a ter como presidente o dirigente João Proença.

Published in Atualidade
segunda-feira, 05 março 2018 10:28

FNAM anuncia três dias de greve

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) “face à incapacidade do Ministério da Saúde em garantir os diversos compromissos já assumidos, decidiu propor ao Fórum Médico a realização de três dias de greve nacional para os dias 10, 11 e 12 de abril”.

Published in Atualidade

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) revelou que se unirá, hoje, à iniciativa de um grupo de médicos recém-especialistas que irá à Assembleia da República (AR) entregar uma Carta Aberta à Comissão de Saúde.

Published in Atualidade

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) mostra-se surpreendida com a exclusão total dos representantes médicos da revisão da Lei de Bases da Saúde.

Published in Atualidade

O processo de negociação de contratualização interna nos cuidados de saúde primários (CSP), que deveria ter começado a 15 de dezembro, de modo a ser concluído no dia 28 deste mês, ainda não se iniciou, denunciou a Federação Nacional dos Médicos (FNAM).

Published in Atualidade
quarta-feira, 31 janeiro 2018 12:04

"Letargia” do Ministério da Saúde preocupa FNAM

Organizações sindicais médicas solicitaram, a 9 de janeiro, uma reunião urgente ao ministro da Saúde, porém, o Ministério da Saúde agendou reunião apenas para o dia 22 de fevereiro, revelou a Federação Nacional dos Médicos (FNAM).

Published in Atualidade

Organizações representativas dos médicos decidiram ontem recorrer a uma greve de três dias caso o Ministério da Saúde não satisfaça o caderno reivindicativo destes profissionais até ao final de março.

Published in Atualidade

Os sindicatos dos médicos anunciaram ontem que a adesão à greve foi “expressiva” nos hospitais e cuidados de saúde primários, garantindo que vão “endurecer as formas de luta” se o governo não avançar com negociações.

Published in Atualidade
Pág. 6 de 13
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas