A Ordem dos Médicos (OM) subscreve as reivindicações dos sindicatos que convocaram uma greve para quarta e quinta-feira, lamentando a degradação das condições de trabalho que leva à “insatisfação crescente dos profissionais de saúde”.

Published in Atualidade

Os sindicatos dos médicos apelaram ontem a uma “intervenção política” do primeiro-ministro que permita desbloquear as negociações com o Ministério da Saúde e afirmaram-se disponíveis para voltar ao diálogo no dia seguinte ao fim da greve.

Published in Atualidade
terça-feira, 09 maio 2017 10:28

Médicos saturados de desrespeito do Governo

Os médicos estão em greve nacional esta quarta e quinta-feira, uma paralisação convocada pelos dois sindicatos, a primeira destes profissionais com que se confronta o atual ministro, Adalberto Campos Fernandes.

Published in Atualidade

As organizações representativas dos médicos, de entre as quais a Federação Nacional dos Médicos (FNAM), o Sindicato Independente dos Médicos (SIM), a Ordem dos Médicos (OM) e a Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP), abandonaram a Comissão de Reforma da Saúde Pública Nacional, seguindo assim a recomendação do Fórum Médico.

Published in Atualidade

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) alertou ontem para a “manipulação” da adesão à greve de dia 10 com assinatura de contratos com médicos do Centro Hospitalar do Oeste, mas a Administração de Saúde contrapôs e vai adiar a cerimónia.

Published in Atualidade

Os sindicatos médicos acreditam que a greve de 10 e 11 de maio vai ter uma “enorme adesão” e apelam aos utentes para que apenas compareçam nos serviços de saúde em casos agudos ou de urgência.

Published in Atualidade

Os sindicatos médicos afirmaram hoje que se mantêm todos os pressupostos para que a greve nacional de 10 e 11 de maio ocorra, após uma nova reunião com o Ministério da Saúde.

Published in Atualidade

Os sindicatos médicos tencionam manter a greve nacional agendada para 10 e 11 de maio, depois de uma reunião de ontem com a tutela, na qual “algumas matérias continuaram a afastar os sindicatos do Ministério da Saúde”.

Published in Atualidade
Pág. 9 de 13
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas