A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) denunciou pelo menos dois casos de tentativa de coagir médicos internos a não aderirem à greve nacional de três dias, que teve início ontem.

Published in Atualidade

Mais de uma centena de médicos internos entregaram ontem uma carta aos deputados a alertar para os “efeitos nefastos” do novo Regime Jurídico do Internato Médico (RJIM) na qualidade da formação médica em Portugal.

Published in Atualidade

Os médicos internos passam a ter um limite de 12 horas semanais de trabalho nos serviços de urgência e nos cuidados intensivos, a cumprir num único período, segundo um despacho publicado ontem em Diário da República.

Published in Atualidade

Os médicos em formação só vão poder trabalhar um máximo de 12 horas semanais em serviço de urgência, uma alteração legislativa que o Governo está a finalizar para evitar o recurso excessivo a internos.

Published in Atualidade

Os administradores hospitalares desconhecem que haja médicos internos a fazerem urgência sozinhos, mas lembram que quem faz as escalas são médicos e que qualquer irregularidade deve ser corrigida para garantir a qualidade dos serviços de saúde prestados.

Published in Atualidade

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM) denuncia que há uma “exploração ignóbil” e “ilegal” dos médicos internos em alguns grandes hospitais e avisa que a situação pode ter implicações disciplinares.

Published in Atualidade

Proposta de decreto-lei prevê regresso de incentivos para os internos que escolham hospitais no interior do país, com a condição de exercerem nesses locais durante, pelo menos, três anos.

Published in Atualidade
terça-feira, 02 janeiro 2018 15:05

Novo ano arranca com 2.179 novos internos no SNS

No corrente mês, iniciam funções, nas instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS), 2.179 médicos internos do ano comum e 1.758 médicos internos de formação específica, de acordo com a nota emitida pelo gabinete do Ministro da Saúde.

Published in Atualidade
Pág. 2 de 2
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde
Editorial | Jornal Médico
800 milhões de euros para o Serviço Nacional de Saúde

Se não os tivéssemos seria bem pior! O reforço do Programa Operacional da Saúde com 800 milhões de euros pode ser entendido como sinal político de valorização do setor da saúde. Será uma viragem na política restritiva? O Serviço Nacional de Saúde (SNS) de 40 anos precisa de cuidados intensivos! Há novos enquadramentos, novas responsabilidades, novas ideias e novas soluções. É urgente pensarmos na nova década com rigor e disponibilidade sincera.

Mais lidas